Tamanho do texto

Brasileiro participou de propaganda para empresa de apostas ao lado de atriz pornô japonesa e as duas coisas são proibidas na China; clube não sabia

O meio-campista Paulinho foi alertado por dirigentes chineses a cancelar seu contrato pessoal com uma rede de apostas se quiser continuar jogando Guangzhou Evergrande FC, da China. A informação foi divulgada pela agência de notícias Reuters.

Leia também: Paulinho faz propaganda ao lado de atriz pornô e pode ser deportado da China

A Confederação Chinesa de Futebol entendeu em reunião após o caso se tornar público, que o clube de Cantão, comandado por Luiz Felipe Scolari, não sabia que Paulinho havia firmado contrato com a empresa Letou, isentando, assim, o Evergrande.

Paulinho corre o risco de ser deportado da China por conta de propaganda de apostas ao lado de atriz pornô
Reprodução
Paulinho corre o risco de ser deportado da China por conta de propaganda de apostas ao lado de atriz pornô

O volante da equipe chinesa se envolveu em uma polêmica recentemente ao participar de uma propaganda para uma empresa de apostas junto com uma atriz pornô asiática, chamada Tsukasa Aoi. As duas práticas são proibidas na China.

Leia também: Para investigador, ataque ao Borrusia poderia ter deixado mortos em segundos

Fotos do brasileiro ao lado da atriz japonesa durante a gravação na casa do atleta, na China, para a empresa, que é das Filipinas vazou na internet. Em nota, a assessoria do jogador disse que ele não sabia que a mulher era atriz de filmes adultos e que a equipe de gravação em nenhum momento o alertou.

Este fato, em conjunto com o vazamento da foto sem a aprovação da equipe do atleta pode justificar a quebra de contrato e uma ação judicial contra a Letou.

Leia também: Diego Costa revela que foi para o Chelsea por causa de José Mourinho

Ainda segundo a assessoria, o material não seria veiculado na China e o contrato com a empresa foi firmado ainda no ano passado com uma outra empresa inglesa que respresenta o jogador e a própria equipe do atleta.

Por este motivo, Paulinho corre o risco de ser deportado, já que, além das leis do país proibirem tais atos, as confederações impedem que jogadores profissionais tenham qualquer tipo de envolvimento com a indústria de apostas, com o objetivo de tentar impedir qualquer manipulação de resultados.

Momento na seleção

Constantemente convocado por Tite para defender a seleção brasileira, Paulinho tem sido muito importante no esquema do treinador e fez gols importantes na partida contra o Uruguai, fora de casa, quando o Brasil venceu por 4 a 1, com três gols do volante, e encaminhou a classificação à Copa da Rússia, que viria dias depois com a vitória sobre o Paraguai, por 3 a 0.

    Leia tudo sobre: futebol