Tamanho do texto

Atualmente sem clube, Raphael Aflalo irá responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar; ele realizou testes no Santos

Raphael Aflalo (centro) ao lado de Walter e Cássio, atuais goleiros do Corinthians
Reprodução
Raphael Aflalo (centro) ao lado de Walter e Cássio, atuais goleiros do Corinthians

Um acidente automobilístico no último domingo na cidade de Santos, litoral de São Paulo, que acabou com a morte de um jovem de 17 anos causou revolta em muita gente. Matheus da Silva Souza do Nascimento, de 17 anos, e o pai atravessavam a avenida Epitácio Pessoa com um carrinho de bebidas rumo as praias da região, quando o goleiro Raphael Aflalo Lopes Martins, ex-atleta do Corinthians, de 20 anos, atropelou e matou o jovem enquanto dirigia em alta velocidade sua BMW.

Leia também: Ex-tenista número 1 do mundo destrói sua McLaren de R$ 564 mil

Nas câmeras de segurança espalhadas pela cidade, foi possível ver o goleiro atingindo seu carro em Matheus e no pai e o arremessando longe. As informações foram confirmadas pela Polícia Militar. Raphael jogou pelo Corinthians e foi campeão brasileiro sub-20. Desde que encerrou o contrato estava negociando sua ida para o Santos FC, que fica na cidade onde mora com a família.

De acordo com as informações do Boletim de Ocorrência realizado pela PM, o goleiro estava com a carteira de habilitação vencida há 11 meses e tentou fugir do local sem prestar socorro às vítimas. Ele fez exame de sangue para comprovar que não havia ingerido bebida alcoólica.

Leia também: Iraquiano não possui ligação com ataque ao Borussia, diz polícia alemã

A BMW que o goleiro conduzia
Reprodução
A BMW que o goleiro conduzia

Raphael Aflalo será indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. As autoridades disseram que Matheus chegou a ser socorrido e levado à Santa Casa de Santos, mas não resistiu aos ferimentos. A BMW modelo 318 IA ainda atingiu outros veículos que estavam estacionados na mesma via.

Leia também: Prostituição e drogas: a vida secreta de cheerleaders que escandaliza os EUA

Sem vínculo com ninguém

O Santos esclareceu que o atleta somente realizou testes no clube e não tem nenhum vínculo contratual. "Para esclarecimento, conforme solicitado, o Santos FC informa que o jovem Raphael Aflalo não possui nenhum vínculo contratual com o Santos FC e apenas estava em período de teste e observação na equipe do Santos B", disse através da assessoria.

    Leia tudo sobre: futebol