Tamanho do texto

De acordo com a publicação do "Mundo Deportivo", atacante argentino estaria na mira do Real Madrid e do Barcelona

Um dos ídolos atuais do futebol italiano, o atacante argentino Paulo Dybala pode deixar a Juventus para atuar na Espanha na próxima temporada, revelou nesta terça-feira (21) o jornal espanhol "El Mundo Deportivo".

Leia também: Presidente da Juventus é convocado para depor em caso sobre a máfia italiana

De acordo a publicação, o jogador da seleção argentina estaria na mira do Real Madrid e do Barcelona, que pretende reforçar um dos melhores ataques do futebol mundial. No entanto, o objetivo de Dybala é somente participar do Campeonato Espanhol, sem preferência entre os clubes.

Dybala comemora com Dani Alves gol da vitória da Juventus sobre o Porto pelas oitavas da Liga dos Campeões
Reprodução/Twitter/ChampionsLeague
Dybala comemora com Dani Alves gol da vitória da Juventus sobre o Porto pelas oitavas da Liga dos Campeões

Ainda de acordo com o jornal, no Barcelona, mesmo com a concorrência do trio MSN, composto por Lionel Messi, Luis Alberto Suárez e Neymar, Dybala não seria um jogador reserva.

Leia também: Técnicos e árbitro são presos após exigirem sexo de jogadores italianos

Por sua vez, no Real Madrid, o presidente do clube, Florentino Pérez, já teria um acordo para avançar as negociações com o argentino de 23 anos e atual campeão italiano.

Os clubes também têm na mira para contratação, o francês Antoine Griezmann, do Atlético de Madri, porém, para encerrar o contrato, que vai até 2019, os times teriam que pagar o valor de multa de 100 milhões de euros, aproximadamente R$ 333 milhões.

Leia também: Após abandono de Roma, Milão tentará ser sede dos Jogos Olímpicos de 2028

Buongiorno amici! Con mi hermano @danialves23 y nuestras 🎭. 🤙🏽

Uma publicação compartilhada por Paulo Dybala (@paulodybala) em

Apesar de toda especulação, a Juventus não admitiu a transferência do atacante e ainda tenta renovar o contrato com o craque que termina em junho de 2020.

Carreira

Paulo Dybala atuou, entre 2003 e 2011, nas categorias de base do Instituto Atlético Central Córdoba, no profissional da equipe da segunda cidade mais populosa da Argentina jogou até 2012, quando foi contratado pelo Palermo, da Itália. Permaneceu no time da Região Siciliana por três anos e conquistou a Série B do Campeonato Italiano. Chamou a atenção da Juventus e na Velha Senhora já coleciona três canecos. *Com informações da Agência Ansa

    Leia tudo sobre: Futebol