Tamanho do texto

Cláudio Britto, comandante do União Barbarense, tem uma dívida em pensão alimentícia estipulada em R$ 9 mil

Cláudio Britto, técnico do União Barbarense
Site oficial
Cláudio Britto, técnico do União Barbarense

O técnico Cláudio Britto, do União Barbarense, teve um final de semana para ser esquecido. Depois de ver sua equipe ser goleada em casa pelo Mogi Mirim, 4 a 1, em jogo válido pelo Campeonato Paulista da Série A2, ele foi preso por policiais na porta do Estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães, em Santa Bárbara d'Oeste. 

Leia também: Ex-atleta olímpica é a nova personal trainer de Cristiano Ronaldo; conheça

O motivo: o técnico não pagou a pensão alimentícia do seu filho. De acordo com publicação do jornal "O Liberal", Cláudio Britto tem uma dívida de aproximadamente R$ 9 mil e deverá ficar detido até o começo da semana, quando poderá pagar a fiança.  

Leia também: Presidente da Juventus é convocado para depor em caso sobre a máfia italiana

A diretoria do União Barbarense não quis se pronunciar sobre o assunto.  O time do interior é o lanterna da segunda divisão do Paulistão, com apenas quatro pontos em 11 jogos disputados, já praticamente rebaixado à terceira divisão estadual. 

Não é novidade

O caso do treinador não é exclusividade no esporte. São muitos os exemplos de atletas e ex-atletas que tiveram problemas com a Justiça e chegaram a ser presos. Confira na galeria de fotos abaixo:

Leia também: Jogador agradece esposa e namorada em entrevista. E depois percebe a gafe

Começo de carreira

Cláudio Britto foi efetivado como técnico do União Barbarense há poucos dias e está começando sua carreira como comandante no futebol. O clube de Santa Bárbara d'Oeste passa por sérias dificuldades financeiras, atrasando salários de jogadores e comissão técnica.