Tamanho do texto

O estádio mais bonito do mundo está localizado na França e possui a capacidade de 42 mil espectadores; confira a lista

Majestosos e espetaculares, os estádios de futebol estão se tornando cada vez mais obras de arquitetura contemporânea, com projetos assinados por profissionais de renome mundial. Entre os primeiros arquitetos que receberam o desafio de um projeto de estádio está o italiano Renzo Piano que, para a Copa do Mundo de 1990, desenhou o estádio San Nicola, em Bari.

LEIA TAMBÉM: Confira quais são os maiores estádios da Libertadores; Maracanã não é primeiro

Atualmente, os estádios mais reconhecidos pela arquitetura são aqueles de times mais prestigiados e economicamente mais fortes. É o caso do novo estádio lodrino do Tottenham, do arquiteto japonês Kengo Kuma, que também está desenhando uma nova arena para a capital de seu país.

Confira a lista dos estádios mais belos do mundo:

1º: Estádio Matmut-Atlantique de Bordeaux (França)

Estádio Matmut-Atlantique de Bordeaux (França), considerado um dos estádios mais belos do mundo
Divulgação
Estádio Matmut-Atlantique de Bordeaux (França), considerado um dos estádios mais belos do mundo

Localizado na cidade de Bórdeus, foi inaugurado em 2015. No mesmo ano, o estádio com capacidade para 42 mil pessoas recebeu o prêmio de melhor implantação esportiva. Projetado pelos arquitetos suiços Herzon e De Meuron, a estrutura retangular é apoiada por 900 mil colunas de aço brancas.

2º Wembley Stadium de Londres (Inglaterra)

Wembley Stadium de Londres (Inglaterra)
Divulgação
Wembley Stadium de Londres (Inglaterra)

Inaugurado em 2007, o projeto do estádio londrino de Wembley é de Norman Foster. Com capacidade para 90 mil pessoas, é o segundo maior da Europa. Sua cobertura parcialmente retrátil é caracterizada por um arco de aço de 1334 metros de altura.

LEIA TAMBÉM: Conheça o estádio em formato de origami que custou mais de R$ 4 bilhões

3º: Estádio Nacional de Pequim (China)

Estádio Nacional de Pequim (China)
Divulgação
Estádio Nacional de Pequim (China)

Conhecido como "ninho de pássaro", foi projetado pelos arquitetos suíços Herzon e Meuron e pelo artista Ai Weiwei. Sua estrutura ramificada pode receber até 91 mil espectadores.

4º Parc Olympique Lyonnais (França)

Parc Olympique Lyonnais (França)
Divulgação
Parc Olympique Lyonnais (França)

O novo estádio do Olympique Lyon foi projetado pelo estúdio americano de arquitetura Populos. Com teto triangular, possui capacidade de 60 mil pessoas.

5º Allianz Arena de Munique (Alemanha)

Allianz Arena de Munique (Alemanha)
Divulgação
Allianz Arena de Munique (Alemanha)

Inaugurado em 2005, o estádio do Bayern de Munique foi projetado pelos arquitetos suíços Herzog e De Meuron. É a primeira estrutura esportiva do mundo que muda de cor as paredes externas de acordo com o time que está jogando. O estádio pode abrigar até 70 mil espectadores e no seu interior conta ainda com o museu do time alemão, além de centros comerciais, salas para conferências, restaurantes e lojas de esporte.

LEIA TAMBÉM: Boca Juniors estuda reformar e aumentar o La Bombonera

6º Juventus Stadium de Turim (Itália)

Juventus Stadium de Turim (Itália)
Divulgação
Juventus Stadium de Turim (Itália)

Além de receber partidas, o novo estádio da Juventus possui lojas e um museu dedicado à história do time. O projeto realizado pelo grupo Gau em 2011 é o primeiro do mundo com implanto sustentável em um estádio. Há ainda 7 mil painéis de alumínio coloridos em vários tons de cinza e branco que refletem a luz e dão o efeito de uma bandeira em movimento.

7º Kaohsiung (Taiwan)

Kaohsiung (Taiwan)
Divulgação
Kaohsiung (Taiwan)

É o primeiro estádio do mundo capaz de produzir autonomamente energia para funcionar. Projetado pelo arquiteto japonês Toyo Ito em 2009, possui cerca de 9 mil painéis solares fotovoltaicos que o cobrem.

8º FBN Stadium de Joanesburgo (África do Sul)

FBN Stadium de Joanesburgo (África do Sul)
Divulgação
FBN Stadium de Joanesburgo (África do Sul)

Reformado em 2010 para receber o Mundial daquele ano, o local é conhecido por ter recebido o primeiro discurso de Nelson Mandela depois do fim de sua prisão, em 1990. Construído em 1987, foi redesenhado pelos escritórios de arquitetura Populous e Boogertman & Partners, um dos estádios mais belos do mundo, o de Joanesburgo lembra um vaso de argila sobre o fogo.

    Leia tudo sobre: futebol