Tamanho do texto

Caso a equipe de Luis Enrique se classifique para a final da Champions League, os craques do Barça podem ser impedidos de entrar no Reino Unido

Neymar e Messi
Divulgação
Neymar e Messi

Caso o Barcelona se classifique para a final da Liga dos Campeões, pode ser que a equipe não conte com Neymar nem Lionel Messi. A decisão do campeonato acontecerá no mês de junho, em Cardiff, capital do País de Gales, no Reino Unido, mas a dupla de sul-americanos pode ser barrada de entrar no local devido aos problemas com a legislação espanhola.

LEIA TAMBÉM: Jogador alemão campeão na Copa 2014 apanha em boate e vai parar no hospital

O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, foi quem deu o alerta. A votação para a saída do Reino Unido da União Europeia, foi nomeada "Brexit" e fez com que novas leis de imigração fossem implantadas. Tanto o brasileiro Neymar quanto o argentino Messi, são investigados pela Justiça da Espanha por irregularidades financeiras e este fator pode complicar a entrada dos jogadores no Reino Unido.

"Ambos Neymar e Messi têm procedimentos em andamento. Esse ano, a final da Champions League é em Cardiff. Imagina se a entrada deles não for permitida (caso o Barcelona chegue à final). Isso é uma grande preocupação para nós", disse Ceferin ao "The New York Times". "Os jogadores da Inglaterra podem viajar para qualquer lugar, mas os atletas dos outros locais não podem ir para a Inglaterra. Com o movimento livre pela Europa, é muito melhor".

LEIA TAMBÉM: Futebol raiz! Time joga partida com camisa sem escudo e número escrito à caneta

Como exemplo, o dirigente da Uefa relembrou o caso de Serge Aurier. Em novembro de 2016, o lateral-direito do Paris Saint-Germain teve sua entrada negada na Inglaterra para um jogo da Champions contra o Arsenal. O motivo? O jogador era condenado à agressão na França.

"Fiquei muito desapontado quando Aurier não foi autorizado a entrar na Inglaterra. Isso vai piorar quando o 'Brexit' acontecer. Podemos ter um sério problema com isso", afirmou Aleksander Ceferin.

Neymar comemora com Messi gol do Barcelona
Divulgação
Neymar comemora com Messi gol do Barcelona

Futuro

"Até 2020 (ano da final da Eurocopa que também será realizada em Cardiff), se o 'Brexit' realmente se consolidar, isso pode ser um grande problema aos torcedores. Vamos precisar falar com o governo britânico e tenho certeza que a Associação de Futebol da Inglaterra vai nos ajudar nisso", completou Ceferin. 

LEIA TAMBÉM: Liga chinesa fecha janela e bate recorde de R$ 1,2 bilhão em transações

Final

Para que o Barcelona chegue na decisão da Liga dos Campeões, ainda será necessário tirar o débito de quatro gols do Paris Saint-Germain e avançar às quartas. Aí então, a grande final ficará mais provável para o time catalão, mesmo sem Neymar e Messi.

    Leia tudo sobre: futebol