Tamanho do texto

Depois de assinar contrato com o Shanghai Shenhua pelo maior salário da história do futebol, o argentino parece não estar feliz em sua nova casa

Carlos Alberto Martínez Tevez
Divulgação
Carlos Alberto Martínez Tevez

A aventura de Carlitos Tevez na China pode estar com os dias contados. Apesar de pouco mais de um mês, parece que o craque argentino não vai permanecer no Shanghai Shenhua. Depois da eliminação na Liga dos Campeões da Ásia, o boato de que o treinador uruguaio Gustavo Poyet será afastado, aumenta as chances da saída do atacante.

LEIA MAIS: A pedido de Pep Guadiola, Gabriel Jesus passou a comer peixe; por que será?

Capa do jornal argentino
Reprodução/ Olé
Capa do jornal argentino "Olé"

De acordo com o jornal argentino "Olé", o jogador está infeliz no Shanghai Shenhua. Carlitos não teria se adaptado à comida nem ao estilo de vida chinês. Apesar de possuir o maior salário do mundo, receber R$ 393 mil por dia parece não ser suficiente para Tevez .

Aos 32 anos, Carlitos fechou contrato com o clube chinês por duas temporadas. Tevez ganharia R$ 141,5 milhões de reais por ano e recebe cerca de R$ 16,3 mil por hora. No entanto, o contrato com o Shanghai Shenhua tem uma cláusula que permite a rescisão antes de novembro de 2017, em duas situações: caso Tevez se aposente ou retorne ao Boca Juniors.

A Liga chinesa começa em março e os boatos fizeram com que o próprio treinador se manifestasse e negasse qualquer tipo de saída do futebol chinês, tanto dele, quanto de Tevez. "Falei com ele e vai continuar, não sai", afirmou Poyet. "Tevez não voltará da China. Não sei de onde saiu isso”, completou Adrián Roucco, agente do jogador.

LEIA MAIS: Brasileiro que sofreu racismo na Sérvia desabafa: "Chorei de raiva e indignação"

Shangai

O primeiro gol do argentino com a camisa do Shanghai Shenhua aconteceu em 1º de fevereiro, no qual marcou o segundo da vitória por 3 a 0 no amistoso contra o australiano Sydney United.

Mas o dono do maior salário do mundo só participou de apenas uma partida oficial com o clube chinês. Em partidas oficiais, entrou somente uma vez em campo. Uma semana depois de sua estreia, o argentino acompanhou o Shanghai Shenhua ser derrotado pelo Brisbane Roar por 2 a 0, que garantiu a saída do clube da Champions asiática.

LEIA MAIS: Três brasileiros estão entre os 100 melhores estrangeiros da Premier League

Formado pelo Boca Juniors, Tevez passou pelo Corinthians, West Ham, Manchester United, Manchester City e Juventus. Em 2015, retornou ao time do Bombonera. No final do ano passado, aceitou a proposta chinesa.