Tamanho do texto

Atual número seis do mundo, tenista, apaixonado por futebol e torcedor madridista, disse em entrevista a um jornal espanhol que aceitaria cargo

Rafael Nadal diz que é possível um dia ser presidente do clube do coração, o Real Madrid
Reprodução/Twitter/AustralianOpen
Rafael Nadal diz que é possível um dia ser presidente do clube do coração, o Real Madrid

Dentre os milhões de torcedores espalhados ao redor do mundo, o Real Madrid tem um que pode ser considerado muito ilustre: o tenista multicampeão Rafael Nadal. Engana-se quem pensa, porém, que o ex-número 1 do ranking da ATP quer ficar apenas nas arquibancadas após se aposentar.

LEIA MAIS: Federer, Djokovic e Nadal lideram os tenistas mais bem pagos de 2016

Em entrevita ao jornal espanhol Marca, Rafael Nadal , dono de 14 títulos de Grand Slam, revelou que pensa em ocupar o cargo que hoje pertence a Florentino Perez. "Nunca se sabe o que pode acontecer. Todos sabem que sou apaixonado por futebol e o Real Madrid é o meu time de coração. Falar sobre isso agora é uma utopia, mas se me perguntarem, claro que gostaria de ser presidente", afirmou o tenista de 30 anos.

Em alto nível, o vice-campeão do Aberto da Austrália de 2017 já é empresário e gestor há algum tempo. Atualmente, ele administra a Rafa Nadal Academy e o Centro Internacional de Tênis Rafa Nadal, em Manacor, município de Mallorca. Ele ainda tem um hotel, uma clínica de recuperação e um bar-restaraurante, logo, gerir um clube, não seria uma tarefa tão nova para ele.

LEIA MAIS: Em "final dos sonhos", Federer vence Nadal e é penta no Aberto da Austrália

Nadal, porém, reconhece que o trabalho de Perez, presidente há oito anos, é muito bem feito. "De qualquer maneira, estamos muito bem como estamos, temos um grande presidente e o Real Madrid não precisa de mim para nada agora", continuou.

Carreira de Nadal

Mesmo que Nadal nunca sequer dispute uma eleição para aer presidente do Real Madrid, ele tem motivos de sobra para ser lembrado para sempre como um dos maelhores tenistas de todos os tempos. Com 14 títulos de Majors na carreira, tornou-se especialista no saibro e é o maior campeão de Roland Garros, com nove conquistas (2005, 2006, 2007, 2008, 2010, 2011, 2012, 2013 e 2014).

LEIA MAIS: Instituto de Ana Moser arrecada contribuições para esporte e educação

Rafael Nadal ainda venceu o Aberto da Austrália uma vez, em 2009, o Wimbledon duas vezes, em 2008 e 2010, e também o Aberto dos Estados Unidos duas vezes, em 2010 e 2013. Ele foi ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, no simples, e ouro nos Jogos do Rio, nas duplas. Atualmente, é o número seis do ranking mundial de tenistas profissionais.

    Leia tudo sobre: Futebol