Tamanho do texto

Durante revista pela polícia dos Estados Unidos, Sebastian Telfair foi encontrado com quatro armas e um colete à prova de balas

Sebastian Telfair, ex-jogador da NBA
Divulgação
Sebastian Telfair, ex-jogador da NBA

Ex-jogador da NBA, Sebastian Telfair foi preso neste último domingo (11) devido porte de armas e maconha após ser barado por uma blitz de trânsito no Brooklyn, Nova York. De acordo com o jornal "The New York Times", durante revista no carro, foram encontradas quatro armas além de um colete à prova de balas.

LEIA TAMBÉM: Confira as namoradas e esposas mais belas dos jogadores da NBA

Segundo informações da polícia local, o ex-jogador de 32 anos de idade estava acompanhado de Jami Thomas, de 18. Ambos foram abordados pelas autoridades pois o carro estava estacionado em local proibido. Assim, Sebastian Telfair enfrenta seis acusações, dentre elas, posse ilegal de uma das armas e do colete. Caso seja condenado, o ex-atleta pode enfrentar uma pena de até 15 anos de prisão.

LEIA TAMBÉM: "Ser negro nos Estados Unidos é difícil", desabafa LeBron James

O repórter da emissora "PIX11 News", Myler Miller, publicou em sua conta do Twitter, uma foto na qual mostra o conteúdo de dentro do carro de Telfair confiscado pela polícia norte-americana.

Sebastian Telfair foi a 13ª escolha geral do draft de 2004 da NBA, tendo sido escolhido pelo Portland Trail Blazers. O estadunidense passou também pelo Boston Celtics, Minnesota Timberwolves, Los Angeles Clippers, Cleveland Cavaliers, Phoenix Suns, Toronto Raptors e sua última equipe na principal liga de basquete foi o Oklahoma City Thunder. Em 2014, foi jogar na China.

LEIA TAMBÉM: Jornalista garante que estavam fumando maconha no vestiário do Cleveland Cavaliers

Casos com a polícia

Esta não é a primeira polêmica na qual o ex-jogador se envolve. No ano de 2006, ele chegou a ser multado pela franquia de Oregon por portar uma arma carregada escondida nos travesseiros dentro do avião particular da equipe de basquete . Um ano depois, enquanto defendia o Boston Celtics, foi encontrado mais uma vez com outra arma.

    Leia tudo sobre: NBA