Tamanho do texto

Candidato ao prêmio de MVP da temporada regular da NBA 2016-17, Westbrook já fez 31 triplo-duplos; recorde é de Oscar Robertson, com 41

Russell Westbrook já convenceu a todos que é um dos candidatos ao prêmio de MVP (Most Valuable Player, jogador mais valioso) da temporada regular de 2016-17 da NBA. Sem a sombra de Kevin Durant desde o ano passado, ele tem carregado nas costas o Oklahoma City Thunder em busca de uma vaga nos playoffs da liga norte-americana de basquete, mas uma coisa marca a temporada de West e o faz ser candidato ao prêmio: os triplo-duplos.

Leia também: Aos 15 anos, LaMelo Ball faz 92 pontos em jogo de basquete escolar nos EUA; veja

O triplo-duplo acontece quando um jogador termina uma partida com dois digitos em três fundamentos. Na vitória sobre o vice-líder da Conferência Oeste, San Antonio Spurs, na última quinta-feira, por 102 a 92, na Chesapeake Energy Arena, em Oklahoma, por exemplo, Westbrook  acabou o duelo com 23 pontos, 13 rebotes e 11 assistências, e chegou ao 31º triplo-duplo na temporada, o 68º de sua carreira. Foi a primeira vez que ele atingiu a marca contra o Spurs em 29 jogos. Agora, apenas o Chicago Bulls e o Charlotte Hornets não sofreram nas mãos dele.

Russell Westbrook voa para marcar cesta na partida contra o San Antonio Spurs
Reprodução/Twitter/okcthunder
Russell Westbrook voa para marcar cesta na partida contra o San Antonio Spurs

Com a marca, o camisa 0 do Thunder igualou Wilt Chamberlain, que também fez 31 triplo-duplos durante a temporada 1967-68 pelo Philadelphia Warriors (hoje Golden State). À frente dos dois está Oscar Robertson, que na temporada 1961-62 chegou ao triplo-duplo em 41 jogos pelo Milwaukee Bucks.

Vale ressaltar que The Big O, apelido de Robertson, é o único jogador até hoje que terminou uma temporada regular com média de triplo-duplo. Isso aconteceu também em 1961-62, quando ele atingiu 30,8 pontos, 12,5 rebotes e 11,4 assistências. Nos últimos cinco jogos do armador do Thunder, ele tem médias de 40,6 pontos, 9,2 rebotes e 8 assistências.

Ele quebra o recorde?

Mas a grande questão agora é: Russell Westbrook vai quebrar a marca que já perdura há 55 anos na NBA? Para pelo menos igualar, ele precisa de mais 10 triplo-duplos durante os 17 jogos restantes até o fim da temporada regular, marcada para o dia 12 de abril.

Dentre as 17 partidas restantes para Russell tentar bater a marca pelo Oklahoma City Thunder, 11 serão contra franquias da Conferência Oeste e seis da Leste, sendo que quatro jogos serão contra equipes da Divisão Noroeste - Utah Jazz, duas vezes o Denver Nuggets e Minnesota Timberwolves.

Leia também: Curry se torna o 10º maior arremessador de 3 pontos; veja quem ele pode alcançar

Russell Westbrook faz temporada impecável com o Oklahoma City Thunder
Divulgação/Oklahoma City Thunder
Russell Westbrook faz temporada impecável com o Oklahoma City Thunder

Além disso, em sete jogos, o armador terá pela frente equipes que brigarão pela última vaga aos playoffs da liga, provavelmente, até o fim, são elas: Sacramento Kings (12º no Oeste e a quatro vitórias do oitavo), Dallas Mavericks (10º no Oeste e a duas vitórias), Charlotte Hornets (11º no Leste e a três vitórias do oitavo), Milwaukee Bucks (10º no Leste e a uma vitória do oitavo), Denver Nuggets duas vezes (8º no Oeste) e Minnesota Timberwolves (11º no Oeste e a três vitórias do oitavo).

Outros seis confrontos serão contra equipes já, ou praticamente, classificadas: Utah Jazz (4º no Oeste), Toronto Raptors (4º no Leste), Golden State Warriors (1º no Oeste), Houston Rockets (3º no Oeste), San Antonio Spurs (2º no Oeste) e Memphis Grizzlies (7º no Oeste), e mais quatro contra outros que não brigam por vaga nas fases finais: Brooklyn Nets (15º e último no Leste), Philadelphia 76ers (14º no Leste), Orlando Magic (13º no Leste) e Phoenix Suns (14º no Oeste).

Confira abaixo as datas dos jogos que faltam para o Thunder e Westbrook

Utah Jazz - 11/3 – Casa

Brooklyn Nets - 14/3 - Fora

Toronto Raptors - 16/3 - Fora

Sacramento Kings - 18/3 - Casa

Golden State Warriors - 20/3 – Casa

Philadelphia 76ers - 22/3 - Casa

Houston Rockets - 26/3 – Fora

Dallas Mavericks - 27/3 - Fora

Orlando Magic - 29/3 - Fora

San Antonio Spurs - 31/3 - Casa

Charlotte Hornets - 2/4 - Casa

Milwaukee Bucks - 4/4 - Casa

Memphis Grizzlies - 5/4 - Fora

Phoenix Suns - 7/4 - Fora

Denver Nuggets - 9/4 - Fora

Minnesota Timberwolves - 11/4 - Fora

Denver Nuggets - 12/4 - Casa

Russell Westbrook salta para enterrar
REPRODUÇÃO/NBA
Russell Westbrook salta para enterrar

Leia também: Nesta temporada, Westbrook igualou importante marca de Michael Jordan

Para coroar a grande temporada que faz Westbrook, além de tentar o título inédito da NBA para o Oklahoma City Thunder, ele tenta ser eleito MVP e briga, principalmente, com outros quatro jogadores para isso: James Harden, armador do Houston Rockets, Kawhi Leonard, ala do San Antonio Spurs, LeBron James, ala-pivô do Cleveland Cavaliers, e Isaiah Thomas, armador de apenas 1,75m do Boston Celtics. “Ele é fantástico”, diz o treinador multicampeão com o Spurs e agora também à frente da seleção masculina dos Estados Unidos, Gregg Popovich. Diante de todos os fatos, é possível discordar do Tio Pop?

    Leia tudo sobre: NBA