Bottas
Instagram
Bottas

A expectativa era enorme que Lewis Hamilton igualaria, neste domingo, no GP da Rússia, o recorde de vitórias de Michael Schumacher na Fórmula 1. Porém, antes mesmo da largada, ficou claro que esse não era o dia do piloto britânico, mesmo saindo na pole.

Na saída dos boxes para alinhar no grid, o piloto da Mercedes fez uma simulação de largada em local não designado pela direção de prova e foi punido com 10 segundos. 

Diante do ocorrido, Lewis abriu caminho para que o seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, voltasse a vencer, o que não acontecia desde o GP da Áustria, prova que abriu o campeonato em 5 de julho. O finlandês ainda marcou o ponto extra pela volta mais rápida da corrida.

Max Verstappen cruzou a linha de chegada na segunda colocação com a Red Bull. Em uma corrida de recuperação, restou a Hamilton se conformar com um lugar no pódio, ao ficar em terceiro.

Com isso, Hamilton segue com 90 vitórias contra 91 de Michael Schumacher. Chama a atenção que a nova chance do britânico igualar o recorde passa a ser agora justamente na "casa" do piloto alemão, já que a próxima corrida é o GP de Eifel, em Nürburgring, no dia 11 de outubro.

    Veja Também

      Mostrar mais