Lewis Hamilton
Reprodução
Lewis Hamilton: "prendam os policiais que mataram Breonna Taylor"

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) baniu camisetas na cerimônia de pódio após protesto de Lewis Hamilton . Há duas semanas, durante o Grande Prêmio da Toscana, o piloto britânico usou uma camiseta que pedia a prisão dos policiais que atiraram na afroamericana Breonna Taylor. O protesto é parte do movimento antirracista Black Lives Matter.

Em novo protocolo para o Grande Prêmio da Rússia que acontecerá hoje (27), a FIA solicitou que os pilotos permaneçam vestidos apenas com seus macacões de corrida, com o zíper fechado até o pescoço.

O banimento da FIA compreende apenas a cerimônia de pódio. Lewis Hamilton, que leva o símbolo do movimento Black Lives Matter em seu capacete, poderá protestar nos outros recintos do circuito. O piloto britânico está se ajoelhando em todas as corridas de 2020, repetindo o gesto que causou o banimento do jogador de futebol americano Colin Kaepernick.


    Veja Também

      Mostrar mais