Tamanho do texto

Alemão afirmou que GP do Brasil será uma 'corrida especial', pois algo "louco" sempre acontece no circuito de São Paulo

Sebastian Vettel arrow-options
Lars Baron/Getty Images
Sebastian Vettel elogiou Interlagos

O piloto Sebastian Vettel, da Ferrari, afirmou nesta terça-feira (12) que o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, em Interlagos, será uma "corrida especial". Já o monegasco Charles Leclerc, admitiu que Ayrton Senna é um "modelo" para sua carreira.

Leia também: Rivalidade entre Vettel e Leclerc cria clima de guerra dentro da Ferrari

O tetracampeão de F1 já venceu o GP brasileiro três vezes, sendo a última em 2017. Para o alemão, a prova em Interlagos é "especial" e ele relembrou os bons momentos da Ferrari no circuito.

"Quando você compete em São Paulo, sempre tudo pode acontecer. Não sei por que, mas há algo especial nessa pista, sempre algo louco acontece. Esta é outra pista que, no passado recente, foi amiga de nossa equipe: lembro-me, por exemplo, que no ano passado Kimi [Raikkonen] subiu ao pódio, enquanto há dois anos venci a corrida", disse Vettel .

Leclerc arrow-options
Reprodução / F1
Leclerc revelou inspiração em Senna

Leclerc , por sua vez, disputará pela segunda vez uma prova da F1 em Interlagos. Na temporada passada, pela Sauber, o monegasco ficou com a sétima colocação. Enquanto Vettel mencionou as suas últimas conquistas em Interlagos, o jovem piloto lembrou de Senna.

"O Brasil não é apenas uma nação em que existe uma enorme paixão por nosso esporte, é também o lar de Ayrton Senna , ou melhor, o piloto a quem eu provavelmente mais me inspirei. Um grande talento e uma pessoa especial", afirmou Leclerc.

Leia também: Esposa de Schumacher dá rara informação sobre o estado de saúde do ex-piloto

O monegasco também destacou que o GP do Brasil é uma "extremamente divertida".

De acordo com o chefe da Ferrari, Mattia Binotto, Leclerc irá disputar a prova como uma nova unidade de energia, já que a antiga foi danificada em Austin, nos Estados Unidos. Além disso, o piloto deverá ser penalizado pela troca de motor, o que pode implicar em uma queda de 10 posições no grid de largada.

O GP do Brasil será disputado em Interlagos entre os dias 15, 16 e 17. A prova é a penúltima da temporada de 2019 da categoria.