Tamanho do texto

Anúncio veio após reunião realizada nessa segunda-feira. Provas das temporadas 2019 e 2020 deverão ser realizadas em Interlagos

Bolsonaro
Reprodução/Twitter
Bolsonaro anuncia que GP do Brasil de Fórmula 1 será realizado no Rio de Janeiro em 2021.

Após muitas especulações, o Presidente Jair Bolsonaro confirmou que o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 será transferido para o Rio de Janeiro. Atualmente, a prova é disputada no autódromo de Interlagos, em São Paulo. Mudança passará a valer a partir de 2021.

Leia também: 2.000 dias após acidente, presidente da FIA diz que Schumacher "segue lutando"

O anúncio foi feito após uma reunião que selou o acordo para a transferência. Estavam presentes o próprio Presidente Jair Bolsonaro , o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel e o diretor executivo da F1, Chase Carey.  

"Nós não perderemos a Fórmula 1 . O contrato vence ano que vem com São Paulo e resolveram retornar a Fórmula 1 para o Rio de Janeiro. Seria isso ou a saída do Brasil. Noventa e nove por cento de chance, ou mais, de termos a Fórmula 1 a partir de 2021 no Rio de Janeiro", afirmou o presidente

Autódromo de Interlagos
Divulgação
Com o acordo fechado por Bolsonaro para que o Rio vire a sede da F1 no Brasil, o autódromo de Interlagos deixará de receber o evento.

Entretanto, Carey foi mais cauteloso e não confirmou que a transferência vai de fato acontecer. O mandatário apenas disse que existem negociações para que a mudança seja concretizada. 

Leia também: Hamilton vence GP da França de ponta a ponta com nova dobradinha da Mercedes

O anúncio contradiz o que Bolsonaro disse em maio, quando afirmou que o GP do Brasil seria realizado no Rio de Janeiro já em 2020. Um novo autódromo deverá ser construído para sediar a etapa. Ele será feito em um terreno do exército.