Tamanho do texto

Sem conquistar um título de pilotos desde 2008 e de construtores desde 2007, a Ferrari já alcançou duas vitórias, com Vettel, em quatro corridas

Sebastian Vettel, da Ferrari, Valtteri Bottas e Lewis Hamilton, ambos da Mercedes, foram os vencedores até aqui
Reprodução/Twitter/F1
Sebastian Vettel, da Ferrari, Valtteri Bottas e Lewis Hamilton, ambos da Mercedes, foram os vencedores até aqui

A Ferrari classificou, nesta quinta-feira, o início da temporada de 2017 da Fórmula 1 como encorajador, após temporadas com resultados abaixo do esperado nas pistas e as duas vitórias em quatro corridas este ano.

Leia também: "Grid girls" do automobilismo correm risco de extinção; veja fotos das beldades

"A Escuderia Ferrari trabalhou muito para preparar-se para a temporada 2017 e os primeiros resultados são encorajadores: cinco pódios nas primeiras quatro competições, com duas corridas vencidas por Sebastian Vettel", emitiu em comunicado a empresa italiana, quando anunciou resultados de crescimento da marca.

A temporada começou muito acirrada entre italianos e alemães neste ano, fato que não ocorria desde 2008, quando Kimi Raikkonen conquistou o último título de pilotos para a marca do cavalinho rampante. Como escuderia, a equipe de Maranello não ganha um Mundial de Construtores desde 2007.

Leia também: Fórmula 1 homenageia Ayrton Senna nas redes sociais. Já são 23 anos sem ele

As duas tradicionais marcas das pistas tem duas vitórias cada: duas de Sebastian Vettel, uma de Lewis Hamilton e uma de Valtteri Bottas e travam uma disputa ponto a ponto no Mundial de Construtores: são 136 pontos para os alemães e 135 para os italianos.

História

Leia também: Saiba quem são as mulheres que mantêm viva a marca Ayrton Senna

Uma das mais antigas equipes da Fórmula 1, a Ferrari foi onde a lenda Michael Schumacher conquistou cinco dos seus sete títulos. Ao todo, são 15 títulos de pilotos e 16 de construtores. Em 2016, terminou na terceira colocação. Além de Schumi, lendas como Niki Lauda e Juan Manuel Fangio pilotaram um carro da marca e foram campeões. Os brasileiros Rubens Barrichello e Felipe Massa chegaram perto de sagrarem-se campeões, mas bateram na trave.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.