Tamanho do texto

Marca italiana vai voltar às pistas em parceria com a Sauber e unidades de potência da Ferrari

Alfa Romeo participou da Fórmula 1 entre os anos de 1950 e 1988
Reprodução
Alfa Romeo participou da Fórmula 1 entre os anos de 1950 e 1988

Depois de ficar 33 anos fora da Fórmula 1 , a Alfa Romeu anunciou nesta quarta-feira (29) que fechou uma parceria com a Sauber e vai voltar às pistas a partir de 2018. O retorno à categoria era ventilado desde o ano passado, com o presidente da Ferrari e CEO da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), Sergio Marchionne, dando declarações sobre a possibilidade. No ano que vem, as unidades de potência da Sauber serão da Ferrari.

LEIA TAMBÉM: Felipe Massa antes da última corrida na F1: "Quero é me divertir"

O nome da equipe será Alfa Romeo Sauber F1 Team e o acordo plurianual prevê a cooperação em "nível estratégico, comercial e tecnológico". "A parceira permitirá uma troca de informações de engenharia e 'know-how' técnico, e trará novas oportunidades para as duas organizações com a Fórmula 1 e além", emitiu a Sauber em nota oficial.

"O acordo com a Sauber F1 Team é um passo significante no redesenho da marca Alfa Romeo, que retorna para a F1 após uma ausência de mais de 30 anos. Uma marca histórica que ajudou a fazer a história desse esporte, Alfa Romeo vai se juntar a outros grandes fabricantes de carros que participam da Formula 1", disse Sergio Marchionne.

Segundo o CEO da FCA, "ao mesmo tempo, os fãs da Alfa Romeo poderão mais uma vez ter a oportunidade de apoiar uma fabricante que está determinada a começar a escrever um empolgante novo capítulo em sua histórica única e lendária".

LEIA TAMBÉM: Schumacher apresenta melhoras e família espera um "milagre da medicina"


LEIA TAMBÉM: Campeão da Fórmula 1 revela que magnata britânico tentou "roubar" sua mulher

História na F1

A marca italiana fez parte da elite do automobilismo entre os anos de 1950 e 1988, como construtora e fornecedora de motores. Já nos seus anos de estreia, ela conquistou o Mundial de Pilotos com Nino Farina e Juan Manuel Fangio. Entre 1961 e 1979, a Alfa Romeo forneceu motores para diversas equipes e, em 1979, retornando como construtora, ficou na 6ª colocação entre as equipes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.