Invasão de campo no jogo entre Palmeiras e São Paulo pela Copa São Paulo de Futebol Júnior, a Copinha
Lance!
Invasão de campo no jogo entre Palmeiras e São Paulo pela Copa São Paulo de Futebol Júnior, a Copinha

A Federação Paulista de Futebol emitiu um comunicado, já na madrugada deste domingo, exigindo punição aos "criminosos travestidos de torcedores" que invadiram o campo durante o jogo entre São Paulo e Palmeiras, pela semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior, neste sábado, em Barueri. O jogo tinha torcida única do São Paulo.

Na súmula da partida, o árbitro Matheus Delgado Candançan informou que três invasores foram identificados. São eles: Williams Cristiano da Silva, Gabriel Bazarello Caires de Jesus e Fábio Cristiano da Silva.

A federação repudiou o ocorrido, que também contou com arremessos de diversos objetos a campo, dentre eles, uma faca.

"A FPF cobrará das autoridades que os criminosos travestidos de torcedores que praticaram tais atos sejam punidos com o maior rigor da lei e permaneçam afastados dos estádios", publicou.

Leia Também

Após a confusão ser controlada pelo policiamento, o árbitro, que aguardou a garantia de segurança das autoridades, retomou a partida, da qual o Palmeiras saiu vitorioso.

Na final, o Palmeiras, irá enfrentar o Santos, que derrotou o América-MG na outra semifinal. A decisão da Copinha irá ocorrer nesta terça-feira.

Confira na íntegra a nota publicada pela FPF:

A Federação Paulista de Futebol repudia veementemente as lamentáveis cenas de invasão de certos indivíduos, arremesso de objetos e o flagrante de uma faca no campo da semifinal da Copa São Paulo, entre São Paulo e Palmeiras, em Barueri, neste sábado. A FPF cobrará das autoridades que os criminosos travestidos de torcedores que praticaram tais atos sejam punidos com o maior rigor da lei e permaneçam afastados dos estádios.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários