Homem cai do base jump
Reprodução/redes sociais
Homem cai do base jump

Dois atletas se arriscaram na manhã deste sábado ao pularem da Pedra da Gávea, no Rio de Janerio , de base jump e perderam o controle na hora do pouso. Um deles morreu no acidente . Segundo a Polícia Militar, a vítima é Eduardo Geovane Carvalho da Silva, de 35 anos, nascido em Joinville, Santa Catarina.

O excesso de rajadas de vento na cidade, com registros de até 59,8 km/h na estação Inmet da Vila Militar, não dava condições do voo para os praticantes. Perto dali, o Clube São Conrado de Voo Livre estava com a sua rampa de voo, na Pedra Bonita, fechada por conta disso.

O vento arrastou os dois atletas , que não conseguiram pousar como pretendiam. Um deles teve o paraquedas desinflado, bateu em um prédio próximo, caiu na pista da autoestrada Lagoa Barra e foi atropelado por um carro. Eduardo morreu no local, segundo o Corpo de Bombeiros, que foi acionado às 12h05. Vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento do acidente:

"Hoje a rampa de parapente estava fechada por causa do vento. Eles saltaram com uma rajada de vento forte, possivelmente não analisaram as condições. Foram arrastados e tiveram dificuldade de pousar. Um deles conseguiu. O outro foi jogado para trás do prédio e entrou no rotor do vento. O paraquedas desinflou, e ele caiu em queda livre. Quando caiu, um carro arrastou o paraquedas dele. Parece que foi a primeira vez que saltou da Pedra da Gávea", explicou o instrutor de voo Carlos Trota.

A modalidade base jump é quando o atleta pula de alguma pedra, antena, prédio e depois disso abre o paraquedas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários