Tamanho do texto

Vitória do Fortaleza coloca o São Paulo na pré-Libertadores; confira mais

Lance

Goiás x Fortaleza arrow-options
Reprodução/Fortaleza
Goiás x Fortaleza, no Serra Dourada

Em confronto de equipes que estão próximas na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza não se intimidou pelo fato de visitante e conseguiu uma vitória importante, por 2 a 1, jogando contra o Goiás, no Serra Dourada.

LEIA MAIS: Marcos Paulo vai bem, mas erros repetidos custam ao Fluminense

O placar do compromisso disputado neste domingo (1) fez com que o time dirigido por Rogério Ceni assumisse a nona posição com 49 pontos, quatro a menos do que o Corinthians. Os goianos também possuem 49 pontos, todavia com um saldo de gols bem pior do que seu adversário direto (0 contra -15).

FORTE PELO ALTO

Em partida que começou em caráter de equilíbrio, o time nordestino usou a bola aérea para fazer o primeiro tento da partida usando a boa subida do lateral Bruno Melo. Após a batida de falta feita por Juninho, o camisa 30 se antecipou a zaga do time goiano testando firme contra a meta de Tadeu que nada pode fazer.

DE MANUAL

O Goiás até conseguiu ser insinuante dois minutos após sofrer o gol com Barcia batendo de fora da área. Contudo, foi usando a velocidade no contra-ataque que o Leão do Pici conseguiu deixar a sua vantagem ainda maior através de Osvaldo. Após trama ofensiva acionando Edinho no lado direito do ataque, o experiente atacante fechou pelo meio e, ao receber bola no meio, bateu firme em bola que foi com tamanha força ao ponto de não dar qualquer possibilidade de defesa para Tadeu.

REAÇÃO?

O time do Centro-Oeste não conseguia imprimir seu ritmo e sofria para elaborar chances de real perigo contra o gol defendido por Felipe Alves. Mesmo assim, perto do intervalo os comandados de Ney Franco conseguiram diminuir o prejuízo quando Michael aproveitou bola vinda do lado esquerdo e cabeceou para Rafael Moura, quase na pequena área, bater de esquerda vencendo o arqueiro do Fortaleza.

LEIA MAIS: Com frango de Gatito, Botafogo perde para o Internacional no Rio

TUDO PODE ACONTECER

Animado por deixar o placar mais acessível já no fim da etapa inicial, o time de Ney Franco foi se abrindo ainda mais, oferecendo novos caminhos para os visitantes conseguirem aplicar seu estilo de jogo baseado na velocidade do contra-ataque onde Kieza quando aumentou a dianteira por, pelo menos, duas vezes onde Tadeu apareceu de maneira providencial.

Por outro lado, o time do Serrado também tinha benefícios com a postura mais adiantada e teve duas boas oportunidades de igualar o marcador quando Michael saiu cara a cara com Felipe Alves e fez uma intervenção espetacular além de Rafael Moura, de cabeça, obrigar o goleiro dos comandados de Rogério Ceni a fazer nova defesa.

FICHA TÉCNICA
​GOIÁS 1 X 2 FORTALEZA

Local: Serra Dourada, Goiânia (GO)
Data e hora: 01/12/2019 - 16h (horário de Brasília)
Público e renda: 27.781 presentes - R$ 268.235,00
Árbitro: Dewson Fernandes Freitas da Silva (FIFA-PA)
Assistentes: Fábio Pereira (CBF-TO) e Hélcio Araújo Neves (CBF-PA)
Cartões amarelos: Michael (GOI); Quintero, Kieza, Gabriel Dias (FOR),
Cartões vermelhos: -
Gols: Bruno Melo (15'/1°T), Osvaldo (25'/1°T), Rafael Moura (43'/2°T)

GOIÁS: Tadeu; Yago Rocha (Yago Felipe, aos 36'/2°T), Fábio Sanches, Rafael Vaz e Alan Ruschel (Jefferson; aos 17'/2°T), Gilberto, Léo Sena e Thalles (Rafinha, aos 32'/2°T); Michael, Rafael Moura e Leandro Barcia. Técnico: Ney Franco.

FORTALEZA: Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Paulão e Bruno Melo. Arauna, Juninho e Edinho (André Luis, aos 27'/2°T); Osvaldo (Marlon, aos 19'/2°T), Kieza (Wellington Paulista, aos 41'/2°T) e Romarinho. Técnico: Rogério Ceni.