Tamanho do texto

Os tricolores também lembraram do episódio da última quinta-feira, quando um torcedor foi agredido por um funcionário do clube ao protestar no Aeroporto de Congonhas no momento da chegada do elenco de Salvador

Lance


Torcida do São Paulo protesta na Barra Funda
Fellipe Lucena/ Lance
Torcida do São Paulo protesta na Barra Funda

Cerca de 400 torcedores, segundo estimativa da Polícia Militar, foram até o portão do CT da Barra Funda durante o treino da manhã deste sábado para protestar contra diretoria e jogadores do São Paulo. Eles levaram uma faixa com os dizeres “obrigado por nada”.

Leia também: Pressionado, Raí segue no São Paulo e 'repreende' Cuca por expor jogadores

​O principal alvo da manifestação, organizada pela Torcida Independente , foi o presidente Leco . Os torcedores do São Paulo também pediram a saída de Raí da diretoria de futebol e xingaram quatro jogadores: Reinaldo , Nenê , Jucilei e Hudson .

​Os tricolores também lembraram do episódio da última quinta-feira, quando um torcedor foi agredido por um funcionário do clube ao protestar no Aeroporto de Congonhas no momento da chegada do elenco de Salvador, onde o time perdeu para o Bahia e foi eliminado da Copa do Brasil. “Ô, ô, ô, ô, cadê o funcionário que agrediu o torcedor?”, foi um dos gritos mais entoados neste sábado durante o protesto .

Leia também: "Joga por amor ou por terror". Morumbi é pichado após eliminação do São Paulo

Os torcedores também cantaram que “o Brasileiro virou obrigação” e que “o pau vai quebrar” se o São Paulo não ganhar do Cruzeiro no jogo deste domingo, às 16h, no Pacaembu, pelo Brasileirão. Vice-campeão paulista e eliminado precocemente da Libertadores e da Copa do Brasil, o time só tem essa competição para disputar.