Tamanho do texto

Após uma excelente temporada, com quatro títulos conquistados, o zagueiro e capitão do Manchester City anunciou sua saída do clube

Lance


Kompany
Getty Images
Vincent Kompany, deixará o Manchester City

Capitão e líder da era vitoriosa do Manchester City, Vicent Kompany deixará o clube. O zagueiro, que está nos Citizens há 11 temporadas, voltará ao seu país natal para assumir a função de jogador e treinador do Anderlecht, clube que o revelou para o futebol.

Leia também: UEFA avança na investigação e City pode ser excluído da Champions

"Por mais impressionante que seja, chegou a hora de eu partir. E que época para me curvar. Só sinto gratidão. Sou grato a todos que me apoiaram em um especial. Um clube muito especial para mim e eu me lembro do primeiro dia, tão claro quanto eu vejo o último. Eu me lembro da bondade sem limites que recebi do povo de Manchester. Jamais esquecerei como todos os torcedores do City permaneceram fiéis a mim em tempos bons e especialmente ruins. Contra todas as probabilidades, vocês sempre me apoiaram e me inspiraram a nunca desistir", disse Kompany .

Em sua rede social, Kompany também falou do momento em que escolheu para se despedir do Manchester City , após quatro troféus em uma única temporada (Supercopa Inglesa, Copa da Inglaterra, Copa da Liga Inglesa e Premier League).

"Nós acabamos de ter um fim de temporada incrível. Minha 11ª como um "Blue", e eu não acredito que estou escrevendo isso, mas também é a minha última. Chegou a minha hora de partir. Por mais difícil que seja para mim, sinto apenas gratidão. Eu sou grato a todos que me apoiaram nessa jornada especial, nesse clube especial", destacou o zagueiro .

Leia também: Gabriel Jesus recebe aval e pode deixar o Manchester City no meio deste ano

Agora o defensor vai retornar ao futebol belga para ser jogador-treinador do Anderlecht , clube onde foi formado e revelado para o futebol antes vestir a camisa do Hamburgo e depois Manchester City.

"Eu escolho ser grato pelo passado, mas continuo ambicioso e impulsionado para o futuro. Nos próximos três anos, vou assumir o papel de jogador-treinador do Anderlecht. Isso pode ser uma surpresa para vocês, mas é a decisão mais apaixonada e racional que já tomei", afirmou Kompany .