Sheilla define seu tipo de homem para revista e pede um ano de folga da seleção

Musa do vôlei e capa da VIP deste mês falou à publicação que ataca apenas nas quadras e que o corpo pede um tempo de descanso

iG São Paulo | - Atualizada às

Reprodução/Instagram
Sheilla divulgou nesta semana mais uma foto para o ensaio da revista VIP

Musa da seleção feminina de vôlei e do Sollys/Nestlé, Sheilla foi a capa deste mês da revista VIP . Para a publicação, a mineira disse ficar tímida ao receber elogios, afirmou atacar apenas dentro de quadra e ainda revelou que quer um ano longe da seleção brasileira para dar um descanso para o corpo. 

Deixe seu recado e comente com outros torcedores

"Quero tirar folga da seleção no ano que vem para descansar, o corpo precisa", comentou a atacante de 29 anos.

Sheilla, bicampeã olímpica, está há 10 anos no time nacional e, após a folga, quer um lugar na equipe para os Jogos do Rio 2016. "Depois, claro que quero estar nas Olimpíadas. Se eu estiver bem fisicamente, vou lutar pelo meu espaço". 

Fotos:  Musa do vôlei, Sheilla divulga capa de revista com ensaio sensual

A atacante foi um dos destaques em quadra no ouro em Londres 2012. Ela lembra que essa conquista foi diferente da medalha de Pequim, em 2008, porque naquele ano as brasileiras eram as favoritas. Agora, o time só chegou às finais com a ajuda de uma vitória dos Estados Unidos sobre a Turquia na última partida da primeira fase. 

E para chegar ao ouro, o Brasil teve que passar pela Rússia. No jogo, Sheilla comandou o ataque, principalmente no tie-break, e ajudou a liquidar e partida. "Em 2006 e 2007, a gente fez a final do Mundial contra a Rússia. E perdemos os dois jogos no tie-break. Quando fizeram 14 a 13, eu pensei: 'Não vou passar por isso tudo de novo. Não vamos perder de jeito nenhum'", disse. 


Mas a ofensividade fica para dentro da quadra. Fora dela, a atleta é tímida e fica envergonhada com elogios. "Dentro de quadra não sou tímida. Na vida não ataco. No máximo, um olhar", afirmou. "Lendo (elogios), não, mas se alguém me fala ao vivo, eu fico. Não tem jeito. Fico vermelha na hora", confessa Sheilla.

Para a tristeza da ala masculina, a oposta está comprometida há um ano e seis meses e ainda contou à revista que sempre está namorando. Ainda assim, deu dicas de seu tipo ideal. "Não gosto de homem muito forte. Sou mais para o magro definido. Entre um forte demais e um magrelo sem músculo, prefiro o magrelo". 

Depois de tantos anos dedicados ao esporte, fazer um ensaio sensual fez bem para a musa. "É legal para o ego me ver de outra maneira. Eu só fico jogando, estou sempre de uniforme, cabelo preso. Estar produzida é outra coisa". 

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG