Ex-campeão de boxe Corrie Sanders é assassinado na África do Sul

Ex-lutador foi baleado durante festa de aniversário em família, realizada em um restaurante de seu país de origem

EFE |

EFE

Getty Images
Corrie Sanders (esq.) foi baleado durante assalto

O ex-campeão de boxe Corrie Sanders morreu na noite de sábado em um tiroteio em um restaurante de Brits, na África do Sul, informou neste domingo a polícia da província Noroeste.

Leia também:  Julio César Chávez Jr. cai no antidoping por consumo de maconha

O boxeador estava no estabelecimento para uma festa de aniversário em família quando três homens armados invadiram o local e começaram a disparar a esmo, segundo explicou à imprensa sul-africana o delegado Thulani Ngubane.

Sander, de 46 anos, foi campeão dos pesos pesados da OMB (Organização Mundial de Boxe) e era considerado um dos melhores pugilistas de sua categoria, segundo a revista especializada "Ring".

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O dono do restaurante da cidade de Brits, 90 quilômetros ao noroeste de Johanesburgo, afirmou à emissora sul-africana "Talk Radio" que os três homens armados entraram no local e abriram fogo indiscriminadamente. O boxeador ficou ferido no estômago e em uma das mãos e faleceu posteriormente no hospital.

O porta-voz de polícia informou que os homens armados entraram supostamente para roubar, e levaram celulares e objetos pessoais dos clientes do restaurante. Thulani Ngubane confirmou que as autoridades abriram uma investigação, embora ninguém tenha sido preso até o momento.

Leia tudo sobre: corrie sanders

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG