Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com Kaká de titular, Real bate Ajax e ajuda o Lyon a avançar

De olho no clássico contra o Barcelona e recheado de reservas, Real venceu o time holandês, já o Lyon goleou o Dinamo Zagreb

Gazeta |

Getty Images
O argentino Higuaín comemora seu gol, o segundo do Real diante da equipe holandesa
Já classificado, e pensando no clássico com o Barcelona no sábado, pelo Campeonato Espanhol, o Real Madrid entrou em campo nesta quarta-feira com um time misto, mas mesmo assim não encontrou dificuldades para bater o Ajax por 3 a 0, fora de casa, encerrando sua participção no Grupo D da Liga dos Campeões.

Leia mais: Basel surpreende e elimina o Manchester United

Do time principal do Real, apenas Higuaín e Benzema iniciaram o duelo entre os titulares. De resto, os espanhóis contaram com uma equipe completamente reserva, inclusive com Kaká em campo. O brasileiro, que volta de lesão e pode ser opção para o clássico com o Barça, jogou durante os 90 minutos, mas não balançou as redes. Higuaín e Callejón foram os autores dos gols merengues.

Confira ainda: City bate líder Bayern, mas Napoli fica com a vaga

A vitória deixou os comandados de Mourinho com 18 pontos, confirmando campanha perfeita na primeira fase: seis vitórias em seis jogos. O Ajax ficou empatado em pontos com o Lyon, mas acabou superado pelos franceses no saldo de gols e foi eliminado.

O jogo
Apesar de estar com time misto, o Real Madrid não demorou para assustar, principalmente com a dupla titular Higuaín e Benzema. Mas foi um 'desconhecido' dos merengues que abriu o placar. Aos 14 minutos, Callejón recebeu passe preciso de Kaká e, dentro da áreaa e livre de marcação, chutou entre as pernas do goleiro Vermeer e saiu para comemorar.

Empurrados pela torcida, os holandeses conseguiram superar o susto causado por uma bola na trave de Benzema e foram ao ataque. O gol até saiu, aos 32 minutos, mas a arbitragem anulou o lance alegando impedimento do atacante Lodeiro. Quatro minutos mais tarde, o Ajax voltou a balançar as redes, mas, novamente, foi marcada a posição irregular, desta vez de Sulejmani.

Se não mexeram no placar, os gols dos holandeses serviram, pelo menos, para acordar os jogadores do Real, que trataram de aumentar a vantagem. Aos 41 minutos, Higuaín recebeu passe dentro da área e encobriu Vermeer, fazendo os merengues irem para o intervalo mais tranquilos.

Na etapa final, talvez preocupados com o clássico com o Barça, os espanhóis diminuíram o ritmo e de novo permitiram uma reação dos anfitriões que chegaram a mandar bola na trave de Adán, substituto de Casillas. No entanto, o Ajax parecia não estar com sorte, e apesar de todo o esforço para buscar o empate que garantiria a classificação, ou melhorar o saldo de gols, foi o Real que voltou a marcar.

Já aos 47 minutos, Callejón invadiu a área e chutou cruzado para ampliar o placar e dar números finais ao jogo. Agora os madrilenhos podem se concentrar apenas no confronto com o Barcelona, no sábado, que pode deixar os comandados de Mourinho com seis pontos de vantagem sobre o rival na liderança.

Leia tudo sobre: kakályonajaxreal madridfutebol mundialliga dos campeões 2012espanhafrança

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG