Recuperado de lesão, astro marcou duas vezes diante do Vitória, que perde a chance de obter vaga na Libertadores

Jogadores comemoram com Ronaldinho o gol do Atlético-MG diante do Vitória
Paulo Fonseca/Futura Press
Jogadores comemoram com Ronaldinho o gol do Atlético-MG diante do Vitória

Independência lotado para ver o retorno de Ronaldinho Gaúcho aos gramados e se despedir do time do Atlético-MG, que vai representar o Brasil no Mundial de Clubes do Marrocos. O cenário não poderia ser melhor para os atleticanos, mas o Vitória assustou no começo do jogo abrindo 2 a 0 no placar. Os mineiros, porém, reagiram e chegaram ao empate 2 a 2 com direito a dois gols do astro da equipe.

Veja a classificação do Campeonato Brasileiro de 2013

Marquinhos e Maxi Biancucchi foram os autores dos gols do Vitória, enquanto Ronaldinho descontou com bela cobrança de falta no fim do primeiro tempo e em batida de pênalti já aos 44 minutos da etapa final garantiu a igualdade. Com o resultado, os baianos terminam o Brasileiro com 59 pontos, contra 57 do Atlético-MG.

Veja fotos da última rodada do Campeonato Brasileiro de 2013:

Com o fim do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG passa a focar exclusivamente no Mundial de Clubes. Nesta segunda-feira, segue para o Marrocos para tentar ser a melhor equipe do mundo. Já o Vitória entra em férias projetando um 2014 ainda melhor.

O jogo

A torcida do Atlético-MG ainda tentava encontrar um espaço vazio para se acomodar no lotado Independência, quando o Vitória surpreendeu. Marquinhos fez cruzamento para a área, a defesa se atrapalhou e a bola entrou direto no gol de Victor. 

Aos seis minutos, após cruzamento da esquerda, Maxi Biancucchi não perdoou o campeão da América e marcou o segundo, silenciando a torcida no Independência, em um começo arrasador da equipe baiana. Jogando de forma bastante ofensiva o time do técnico Ney Franco dominou as ações nos primeiros 15 minutos.

Após o apagão inicial, o Atlético-MG passou a esboçar uma reação mantendo a posse de bola com Fernandinho, Luan, Jô e Ronaldinho sem movimentando muito no campo de ataque. Aos 16, Luan aproveitou cobrança de escanteio da direita e acertou ótimo chute para excelente defesa de Wilson, impedindo os donos de casa de diminuírem o placar.

Animado, Ronaldinho provou que continua com a mesma técnica de sempre para dar assistências para os companheiros. O jogador voltou a atuar após se recuperar de lesão e conseguiu encaixar vários lançamentos com precisão. Apesar da boa exibição do astro, o Vitória conseguiu controlar bem o ímpeto do Galo. O bom posicionamento tático dos baianos explica o sucesso da equipe.

Já no fim da etapa inicial, Ronaldinho explodiu o Horto em alegria ao cobrar falta com extrema maestria para recolocar o Atlético no jogo com um gol que fez o estádio tremer. No começo do segundo tempo, o Vitória voltou a surpreender com chute de Dinei que obrigou Victor a se esticar todo para fazer grande defesa, no rebote, Marquinhos acertou o travessão, desperdiçando chance clara de ampliar o marcador.

O panorama dos 45 minutos finais da partida apresentou muita movimentação de ambos os lados, com as duas equipes perseguindo o triunfo. Aos nove minutos, Jô fez o pivô para Luan, que da entrada da área obrigou Wilson a fazer grande defesa, em uma boa trama ofensiva do Galo.

Em menos de dois minutos, Fernandinho e Jô tentaram furar o bloqueio defensivo do Vitória, mas o paredão Wilson impediu o empate com duas grandes defesas. Aos poucos, o Galo foi intensificando a pressão em cima dos baianos, mas além de Wilson, a boa marcação do time de Ney Franco dificultou a vida alvinegra.

Aos 43, Ronaldinho lançou Neto Berola, que foi derrubado por Luiz Gustavo dentro da área, o árbitro Heber Roberto Lopes não titubeou e marcou pênalti para o Galo. R10 cobrou com categoria, deslocando Wilson para empatar o jogo e evitar a derrota do Atlético-MG.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 2 X 2 VITÓRIA

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 08 de dezembro de 2013, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR)
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Cartões amarelos: (Atlético-MG) Ronaldinho, Marcos Rocha (Vitória) Escudero, Luiz Gustavo

Gols:
Atlético-MG: Ronaldinho, aos 48 minutos do primeiro tempo; Ronaldinho, aos 44 minutos do segundo tempo
Vitória: Marquinhos, aos três e Maxi Biancucchi aos seis minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Gilberto Silva, Réver e Lucas Cândido; Pierre, Leandro Donizete (Alecsandro), Luan (Neto Berola) e Ronaldinho; Fernandinho (Rosinei) e Jô
Técnico: Cuca

VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Kadu, Renato Santos (Luiz Gustavo) e Juan; Marcelo (Danilo Tarracha), Cáceres e Escudero e Marquinhos; Maxi Biancucchi (Willian Henrique) e Dinei
Técnico: Ney Franco

* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.