"Com certeza eles se entenderão. Os grandes craques precisam saber jogar juntos, e assim eles farão", avaliou o zagueiro

Eleito melhor jogador do mundo pela Fifa (Federação Internacional de Futebol Associado) nos últimos quatro anos, o atacante Lionel Messi será acompanhado por Neymar no Barcelona a partir da próxima temporada. Entretanto, segundo o zagueiro Gerard Piqué, os atletas sul-americanos não devem ter problemas em atuar juntos. Em entrevista ao jornal espanhol Mundo Deportivo , o defensor apostou no sucesso da parceria entre o argentino e o brasileiro.

Neymar é o jovem esportista mais bem pago do mundo, indica Forbes

"Com certeza eles se entenderão. Os grandes craques precisam saber jogar juntos, e assim eles farão. Quanto maior for o número de bons jogadores no grupo, mais chances teremos de conquistar títulos. Isso é o que todos queremos. A presença de Neymar ajudará Leo. Muitas vezes fazem marcações acirradas nele, com vários rivais ao seu redor. Com Neymar, ao menos dois defensor adversários sairão. Ainda há Iniesta, Xavi, Fábreas, Pedro", disse.

Desde que chegou ao time principal da seleção espanhola, em fevereiro de 2009, Piqué jamais enfrentou o Brasil. No entanto, o zagueiro duelou com Neymar na final do Mundial de Clubes de 2011, onde o Barcelona superou facilmente o Santos por 4 a 0. Naquela partida, o defensor ainda trocou camisa com o então atacante da equipe alvinegra.

"É verdade que nos enfrentamos no Mundial. Mesmo que tenhamos vencido bem, ele demonstrou ser um atacante que não pode parar de ser vigiado em momento algum. É técnico, rápido, tem vários recursos para driblar uma defesa. Acredito que seja uma contratação muito boa", encerrou.

Messi gostou da chegada de Neymar
Emilio Morenatti/AP
Messi gostou da chegada de Neymar

Messi aprova contratação 
Conforme divulgou o jornal Marca , nesta sexta-feira, o presdiente do clube catalão, Sandro Rosell, consultou Messi antes de encaminhar a contratação de Neymar. O principal intuito do mandatário era minimizar possíveis problemas de relacionamento entre o argentino e o brasileiro.

Messi, por sua vez, reagiu com tranquilidade ao questionamento de Rosell e deu aval para as negociações serem concretizadas. O camisa 10 acredita que Neymar que a chegada do atacante será positiva ao time blaugraná e também a ele mesmo, já que terá com quem dividir a responsabilidade de fazer gols.

Do outro lado, o brasileiro foi avisado por Rosell de que Messi é o grande líder do treinador Tito Vilanova dentro de campo. O presidente disse ao atacante que, neste momento, será necessário respeitar a posição do argentino dentro do elenco. Neymar aceitou a conversa de maneira serena.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.