Time brasileiro luta para vencer na casa do adversário, neste domingo, e devolver derrota sofrida no Interligas de 2011

Divulgação/NBB
Destaque no Interligas, McFarlan não defende mais o Obras
Em abril de 2011, o Pinheiros/Sky chegou bem perto de conquistar o primeiro título internacional da sua história. O time paulista foi finalista do Torneio Interligas e jogou a decisão dentro de casa. Mas o sonho de se sagrar campeão diante da própria torcida foi interrompido pelo Obras Sanitarias, da Argentina. Neste domingo, as duas equipes vão se encontrar novamente. Desta vez, o confronto será pela final da Liga Sul-Americana e ocorrerá na casa dos argentinos.

Leia mais:
Pinheiros vence duelo brasileiro e está na final da Liga Sul-Americana

Marcado pelo equilíbrio, o jogo de 2011 entre os dois times foi definido por apenas três pontos de diferença. Os argentinos celebraram a apertada vitória por 80 a 77, mas reconheceram a qualidade do Pinheiros. “Foi muito difícil jogar contra um time muito bem armado como o deles”, afirmou o pivô Juan Gutierrez após o embate.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros fãs do basquete

Quase dez meses se passaram e ambas as equipes sofreram modificações em seus respectivos elencos. O norte-americano William McFarlan, principal destaque da final do Interligas com 22 pontos e dez rebotes, não defende mais o Obras Sanitarias. Ele se transferiu para o San Martin de Corrientes. Em contrapartida, o clube argentino adquiriu um outro atleta dos EUA: Dartona Warsham, que brilhou na semifinal da Liga Sul-Americana contra o Atenas de Cordoba ao registrar 23 pontos e cinco rebotes.

Confira ainda: São José vence Bauru e se aproxima dos líderes do NBB

Ao contrário do Obras, o Pinheiros manteve todos os seus principais jogadores. Com o objetivo de reforçar as opções no banco de reservas, acertou as contratações do pivô Rafael Mineiro e do ala Renato. A grande modificação se deu no comando da equipe: o experiente Cláudio Mortari assumiu o lugar de João Marcelo Leite, que passou a exercer a função de assistente.

Pinheiros, de Marquinhos, perdeu o título do Interligas em seu ginásio
Divulgação/NBB
Pinheiros, de Marquinhos, perdeu o título do Interligas em seu ginásio

Perder a chance de comemorar um título internacional diante da sua torcida foi bastante frustrante para o Pinheiros. Mas neste domingo, o time paulista tem a chance de fazer o Obras Sanitarias provar do seu próprio veneno.

Duelo Brasil x Argentina
Das 15 edições anteriores da Liga Sul-Americana, 13 foram decididas entre um brasileiro e um argentino. O histórico aponta ampla vantagem dos times da Argentina, que levaram a melhor em nove destes confrontos.

As outras duas finais reuniram equipes do mesmo país. Em 2001, o duelo foi argentino: o Estudiantes de Olavarría superou o Gimnasia Comodoro Rivadavia. Quatro anos mais tarde, a disputa foi brasileira e teve vitória do Unitri/Uberlândia sobre o Universo/Ajax.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.