Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Adrianinha chama atenção para 'relaxada' do Brasil ante Jamaica

Apesar da vitória da seleção, a armadora da equipe viu uma queda de foco durante a partida

Gazeta |

Fiba Americas/Divulgação
Apesar dos vacilos, Brasil não teve dificuldade para vencer a Jamaica no Pré-Olímpico
A seleção brasileira feminina de basquete derrotou, nesta segunda-feira, a Jamaica por 73 a 50 e somou a terceira vitória no Pré-Olímpico de Neiva, na Colômbia. Apesar de ter selado a classificação às semifinais do torneio com antecipação, a armadora Adrianinha puxou a orelha para a queda de foco durante a partida contra as caribenhas.

Leia também: Seleção masculina deixa Alemanha e Porto Rico para trás no ranking

"Nós temos que respeitar todas as equipes. No primeiro tempo a Jamaica teve menos trocas do que a gente, e acho que isso fez diferença no segundo tempo. Depois do jogo duro contra o Canadá, demos uma relaxada, o que é normal. Mas o importante é a vitória no final", afirmou a experiente atleta de 32 anos.

Com 1,70m, Adrianinha, que deu sete assistências, externou que estava vacinada com o perigo da gigante Nicole Louden. "A Janeth já tinha conversado comigo antes, para ter uma atenção redobrada com ela (Nicole Louden), mas a equipe jogou uma boa defesa em grupo, e acho que isso fez a diferença no segundo tempo", analisou.

Na terça-feira, o compromisso das comandadas do técnico Enio Vecchi será diante do México, que ainda não venceu no certame.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG