Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Rali Dakar 2012 chega ao último dia e conhece campeões

Despres supera Coma e é tetracampeão nas motos. Peterhansel vence entre os carros e de Rooy é primeiro entre os caminhões

iG São Paulo |

A edição 2012 do mais tradicional rali do mundo chegou ao seu final neste domingo (15). O Rali Dakar, que teve início no dia 1 de janeiro, saiu de Mar Del Plata, na Argentina, atravessou deserto, montanhas e dunas para alcançar seu ponto final nesta manhã, em Lima, no Peru, e consagrar novos e antigos campeões.

 Leia também: Coma se perde e cede liderança para Despres na 13ª etapa do Dakar

Foram 14 dias de disputa, três países, cerca de 8300 quilômetros percorridos, e mais de 400 veículos participantes, dentre motos, carros, quadriciclos e caminhões. Após um começo conturbado, com a morte do piloto argentino Jorge Boero logo na primeira especial e a sexta etapa cancelada pelo mau tempo nos Andes, o rali chegou com tranquilidade a sua apoteose.

Nas motos, Cyril Despres se sagrou tetracampeão após uma disputa acirrada por toda a competição com o espanhol Marc Coma, em que os dois se revezaram na liderança da classificação geral. Coma foi mais rápido nesta última etapa, que teve apenas 29 quilômetros, mas a especial de sábado foi decisiva para o resultado a favor do francês. No penúltimo dia de rali, Coma teve que desviar de uma duna, pois apresentava problemas em sua caixa de câmbio, e se perdeu. Com isso, perdeu muito tempo e deixou Despres abrir uma vantagem de 11 minutos, que não foi capaz de tirar neste domingo.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Coadjuvante, o português Helder Rodrigues acabou na terceira colocação. Dentre os brasileiros, o destaque foi Felipe Zanol, que terminou em décimo. Zé Hélio Rodrigues ficou em 19º e Denísio do Nascimento, em 24º.

Stephane Peterhansel confirmou o favoritismo entre os carros, foi o primeiro a cruzar a linha de chegada neste domingo e alcançou seu décimo título do Dakar. O francês, acompanhado pelo co-piloto Jean-Paul Cottret, liderou a competição por quase todas as etapas e terminou o rali com uma vantagem de 41minutos em relação ao segundo colocado, o espanhol Joan “Nani” Roma. Únicos brasileiros restantes na categoria, Jean de Azevedo e Emerson Cavassin ficaram em 23º lugar na classificação geral.

AP
Stephane Peterhansel (dir) e o co-piloto Jean Paul Cottret (esq) são campeões entre os carros

Entre os quadricíclos, domínio total dos irmãos argentinos Alejandro e Marcos Patronelli. O primeiro ficou com o título, enquanto o segundo foi vice-campeão. Tomas Maffei, também da Argentina, venceu a última especial e foi o terceiro colocado no geral.

Nos caminhões, vitória do trio comandado pelo holandês Gerard de Rooy, que conseguiu manter uma boa vantagem sobre o segundo colocado, Hans Stacey. A equipe liderada pelo brasileiro André de Azevedo ficou em oitavo na classificação geral da categoria.

Confira a classificação final do Rali Dakar:

Motos:
1º - Cyril Despres (FRA)
2 º - Marc Coma (ESP)
3 º - Helder Rodrigues (POR)
10 º - Felipe Zanol (BRA)
19 º - Zé Hélio Rodrigues (BRA)
24 º - Denísio do Nascimento (BRA)

Carros
1º - Stephane Peterhansel (FRA) e Jean-Paul Cottret (FRA)
2º - Nani Roma (ESP) e Michel Périn (FRA)
3º - Giniel de Villiers (ZAF) e Dirk Von Zitzwitz (ALE)

Quadriciclos
1º - Alejandro Patronelli (ARG)
2º - Marcos Patronelli (ARG)
3º- Tomas Maffei (ARG)

Caminhões
1º - Gerard de Rooy (HOL), Darek Rodewald (HOL) e Tom Colsoul (BEL)
2º - Hans Stacey (HOL), Hans Van Goor (HOL) e Bernard Der Kinderen (HOL)
3º- Artur Ardavichus (CAZ), Alexey Kuzmich (RUS) e Nurlan Turlubaev (KAZ)

 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG