Tamanho do texto

Piloto finlandês bateu recorde que durava desde 2004 para fazer o melhor tempo; logo atrás largam Vettel e Hamilton, que brigam pelo título deste ano

A Ferrari dominou os treinos classificatórios neste sábado e terá o finlandês Kimi Raikkonen largando na pole position do Grande Prêmio de Monza de Fórmula 1 , seguido pelo alemão Sebastian Vettel.

Leia também: Calendário da Fórmula 1 para 2019 é divulgado; Saiba onde serão as corridas

Vettel, Raikkonen e Hamilton posam logo após o treino classificatório do GP de Monza de 2018
Divulgação/F1
Vettel, Raikkonen e Hamilton posam logo após o treino classificatório do GP de Monza de 2018

Raikkonen cravou 1min19s119 e quebrou o recorde de melhor tempo da história em Monza. O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, largará na terceira colocação, à frente do seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas. A quinta posição ficou com Max Verstappen.

O antigo melhor tempo era de Juan Pablo Montoia, que em 2004 fez uma volta com 1min19s525. O "Homem de Gelo" ainda fez a volta mais rápida da história da Fórmula 1 no quesito velocidade média, registrando 263 km/h.

"É apenas metade do trabalho feito. Não poderia pensar numa melhor posição do que estar na pole", disse o finlandês logo após sair do carro. Segundo colocado no Mundial, Vettel se surpreendeu com a torcida italiana e lamentou volta ruim.

"Inacreditável ver a quantidade de apoio em volta da pista. Kimi foi um pouco rápido demais no fim. Minha volta não foi muito boa. Ótimo ter os dois carros na primeira fila".

Kimi não largava na pole desde o GP de Mônaco, em 2017. Com a conquista deste sábado, ele chega a 18 poles na carreira. Além disso, ele se tornou o piloto mais velho a fazer a volta mais rápida desde Nigel Mansell, em 1994.

Leia também: Vettel bate sua Ferrari durante evento na Itália e "culpa" Kimi Raikkonen; vídeo

Confira dos pilotos que largam atrás de Raikkonen

Como ficou o grid de largada do GP de Monza de 2018, com Raikkonen na pole
REPRODUÇÃO/F1
Como ficou o grid de largada do GP de Monza de 2018, com Raikkonen na pole

Presenças ilustres

Personalidades do esporte e da política devem marcar presença neste fim de semana em Monza para o Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1.

Entre os nomes que figuram na lista VIP do evento, está o astro português Cristiano Ronaldo, que joga pelo Juventus. Ele assistirá à prova de amanhã na primeira fileira de convidados, junto com companheiros do clube, e com o atacante da Inter Mauro Icardi.

Nesta manhã, no paddock, passaram os ex-pilotos de F1 Felipe Massa e Nico Rosberg, nomes que levaram emoção a várias provas em Monza.

Do governo italiano, estarão no circuito neste domingo o vice-premier e ministro do Interior, Matteo Salvini; o subsecretário da Presidência do Conselho de Ministros, Giancarlo Giorgetti; o ministro da Educação, Marco Bussetti; e o ministro de Políticas Agrícolas, Gian Marco Centinaio.

Leia também: Michael Schumacher mostra reação e chora ao ver belezas naturais, diz familiar

Para a festa italiana ficar completa basta Raikkonen , que larga na frente, ou Vettel vencerem a prova, já que os dois são da escuderia local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.