Anderson Silva
Divulgação/UFC
Anderson Silva

A lenda do UFC e ex-campeão dos médios, Anderson Silva , confirmou que a luta do próximo dia 31 de outubro, contra Uriah Hall , será realmente a sua última na carreira.

O lutador de 45 anos, que reinou como campeão dos médios por 2.457 dias, está se aposentando do octógono, apesar de ainda ter um acordo de mais duas lutas com a franquia.

O confronto entre Spider e Hall, aliás, será o destaque do UFC Apex , em Las Vegas.

Antes resistente em deixar o esporte, o veterano revelou em entrevista a ESPN Americana que agora não tem mais "dúvidas" de que essa será sua última aparição. “Essa é a última luta. Com certeza, essa é a última luta. Eu preparei minha mente para isso. Eu me preparei para lutar a vida toda, mas sim, essa é minha última luta no UFC", apontou. 

O brasileiro aproveitou para analisar o adversário e falou sobre o que pretende na luta que marcará sua despedida. “Uriah é um cara muito, muito atlético e tem uma boa técnica na trocação. Vou tentar dar o meu melhor e fazer o melhor show para meus fãs", concluiu.

Anderson é hoje o lutador mais velho do elenco do UFC e estava ligado a um novo confronto contra Conor McGregor. Mas, ele perdeu quatro de suas últimas cinco lutas e decidiu pela aposentadoria.

A última vez em que Anderson Silva esteve em ação foi no UFC 237, em maio do ano passado, no Rio de Janeiro, quando acabou derrotado por Jared Cannonier após sentir uma lesão no joelho. Antes, o ícone do esporte também quebrou brutalmente a perna contra Chris Weidman , em 2013.

O legado de Spider começou em 2006, quando ele garantiu o cinturão dos médios de Rich Franklin . Após a conquista, foram 16 vitórias consecutivas até perder o cinturão. 

    Veja Também

      Mostrar mais