Tamanho do texto

Tenista de 25 anos é atualmente o número 72 do mundo e passou pelo 12 vezes campeão de Majors por 3 sets a 1: "Acho que isso muda minha vida"

O tenista italiano Marco Cecchinato, de 25 anos, eliminou nesta terça-feira o favorito Novak Djokovic , ex-número 1 do mundo, e garantiu uma vaga nas semifinais do torneio de Roland Garros , o segundo Grand Slam da temporada.

Leia também: Tenista bósnio atropela gandula durante partida de Roland Garros; assista

O italiano Marco Cecchinato eliminou o sérvio Novak Djokovic e está na semifinal de Roland Garros
Divulgação/RolandGarros/Philippe Montigny
O italiano Marco Cecchinato eliminou o sérvio Novak Djokovic e está na semifinal de Roland Garros

Atual 72º colocado no ranking da ATP, Cecchinato bateu o sérvio com um placar de 3 sets a 1 (6-3, 7-6, 1-6 e 7-6), com direito a um tie-break de 13 a 11 na última parcial. Após a vitória, o italiano caiu em lágrimas no saibro parisiense.

"Meu coração batia muito forte, e no fim eu jogava melhor e acreditava menos, mas agora estou na semi. Não pensava em fazer uma partida assim, agressiva, corajosa, perfeita", comemorou.

"Eu acho que isso vai mudar minha vida. Depois de Roland Garros, eu preciso apenas descansar e desfrutar o momento", acrescentou. "Isso é especial para mim, eu não sei o porquê agora, eu trabalhei pesado com minha equipe e estou muito focado em cada partida. Acho que treinar todos os dias é a chave".

Leia também: Marcelo Melo é escolhido o Melhor Atleta do Ano do Prêmio Brasil Olímpico 2017

Já Djokovic, dono de 12 títulos de Grand Slam, sendo um, em 2016, em solo francês, disse que a derrota é dolorosa, mas que o jovem italiano mereceu a vitória.

"Qualquer derrota em Gran Slam é difícil. Eu pensei que tinha uma grande chance de passar adiante, mas não foi. É doloroso, mas não é a derrota mais dolorosa da minha carreira. Nunca foi difícil para mim parabenizar e abraçar um adversário. Ele merecia vencer. Eu o conheço bem, é um cara ótimo. Por outro lado, quando você sai da quadra, é difícil de engolir", disse Djoko.

Assista aos melhores momentos

Leia também: Serena Williams é a única mulher no Top 100 dos atletas mais bem pagos do mundo

Sequência

Um tenista do país da bota não chegava às semifinais de Roland Garros desde 1978, com Corrado Barazzutti. O próximo adversário de Cecchinato será o austríaco Dominic Thiem, oitavo do mundo, em partida que acontecerá na quinta-feira. A outra semifinal ainda não foi definida e os jogos das quartas serão: Rafael Nadal x Diego Schwartzman e Marin Cilic x Juan Manuel Del Potro.