Tamanho do texto

Dona de 23 Grand Slams, Serena Williams voltará ao circuito nesta quarta-feira e revelou que a evolução tem sido gradativa após dar à luz à filha

Uma das maiores tenistas de todos os tempos, Serena Williams voltará ao circuito oficialmente nesta quarta-feira para enfrentar Zarina Diyas, do Cazaquistão, no WTA de Indian Wells . Seis meses após dar à luz à filha Alexis Olympia, ela revela que passou por dificuldades na recuperação do parto e que a evolução tem sido gradativa, além de precisar de persistência para jogar em alto nível.

Leia também: Cinco vezes que Genie Bouchard causou nas redes sociais com fotos picantes

Grande campeã, Serena Williams voltará às quadras no WTA de Indian Wells, mas revelou que teve dificuldades na recuperação após o parto
Divulgação
Grande campeã, Serena Williams voltará às quadras no WTA de Indian Wells, mas revelou que teve dificuldades na recuperação após o parto

“Tem sido difícil. Tive vários dias em que mesmo me sentindo bem, me perguntava: 'Como eu vou continuar'. Tem sido realmente difícil, talvez não esteja no meu melhor, mas estou chegando lá e todo dia é um novo dia para melhorar. Enquanto estiver evoluindo, mesmo que no passo de uma tartaruga, estou bem com isso”, afirmou Serena em entrevista à emissora britânica BBC .

“Estou pronta ou não estaria aqui (Indian Wells). Se não estiver pronta agora, não estarei pronta nunca. Sinto que em dois meses estarei muito melhor que agora, mas você deve começar em algum lugar”, acrescentou a tenista de 36 anos.

Leia também: Genie Bouchard arranca suspiros em mais um ensaio picante na Sports Illustrated

Em artigo publicado no site da emissora norte-americana CNN recentemente, Serena revelou que algumas complicações do parto de sua primeira filha quase provocaram sua morte. Foram justamente esses problemas que atrasaram o retorno dela às quadras. Ela contou que, apesar da gravidez ter sido normal, ela precisou realizar uma cesariana porque a frequência cardíana de sua filha caiu drasticamente no momento das contrações. 24 horas depois da cirurgia, vieram as complicações, que ela chamou de "seis dias de incerteza".

“Embora eu tivesse tido uma gravidez muito tranquila, minha filha nasceu de cesariana na sala de emergência depois que sua frequência cardíaca caiu drasticamente durante as contrações. A cirurgia foi realizada sem problemas. Antes que eu soubesse, Olympia estava em meus braços. Foi a sensação mais incrível que já experimentei na minha vida. Mas o que aconteceu apenas 24 horas após o parto foram seis dias de incerteza”, afirmou à época.

Leia também: Guga é eleito por revista especializada o 21º maior tenista da Era Aberta

O nascimento da filha aconteceu em setembro de 2017. No fim de dezembro, ela jogou uma partida de exibição contra a letão Jelena Ostapenko e foi derrotada. Em janeiro, desistiu de participar do Aberto da Austrália. Em fevereiro, jogou uma partida de duplas pela Fed Cup e também perdeu.

My baby is 6 months today. So yummy.

Uma publicação compartilhada por Serena Williams (@serenawilliams) em

Títulos

Aos 36 anos, Serena se profissionalizou em 1995. Desde então, conquistou 23 títulos de Grand Slam, sendo o Aberto da Austrália e Wimbledon onde mais triunfou. Foi campeã olímpica em 2012 e ainda conquistou cinco títulos do WTA Championships.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.