Tamanho do texto

Brasileiro confirmou parceria para o torneio que acontecerá no Rio de Janeiro; eles estão jogando juntos desde o início da temporada 2017

O mineiro Marcelo Melo jogará o Rio Open com seu parceiro polonês Lukasz Kubot . Melo confirmou nesta sexta-feira a presença de Kubot no torneio que será disputado na próxima semana, nas quadras de saibro do Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro. Melo e Kubot terminaram a temporada passada como parceria número 1 do mundo e atualmente dividem a liderança do ranking mundial individual de duplas da ATP.

Leia também: Genie Bouchard arranca suspiros em mais um ensaio picante na Sports Illustrated

Marcelo Melo e Lukasz Kubot formam a melhor dupla da atualidade do tênis
Divulgação
Marcelo Melo e Lukasz Kubot formam a melhor dupla da atualidade do tênis

“Vamos estar juntos no Rio. Kubot me disse que sempre gostou muito de jogar no Brasil, que adora o País e que, com certeza, será bem legal disputar novamente o Rio Open”, afirmou Marcelo Melo .

Será o segundo ano em que Melo e Kubot formam dupla no Rio. Em 2017, eles chegaram até as quartas de final. Já Melo disputa o Rio Open desde que foi realizado pela primeira vez na cidade, em 2014, quando foi vice-campeão, jogando com o espanhol David Marrero, seu melhor resultado no torneio.

Atual líder do ranking mundial individual de duplas - juntamente com Kubot, recordista brasileiro em número de títulos da ATP no circuito – com 29 – e em semanas no topo do ranking – com 46 na carreira -, Melo já havia confirmado sua presença no final de janeiro e falado da felicidade em estar novamente no Rio. “Muito feliz, mais uma vez, em jogar o Rio Open, que é um torneio muito especial para nós brasileiros”, disse Marcelo

Leia também: Guga é eleito por revista especializada o 21º maior tenista da Era Aberta

Dez partidas, oito vitórias e o primeiro título da temporada em Sidney

O mineiro Marcelo Melo, 34 anos, e o polonês Lukasz Kubot, 35 anos, estão jogando juntos desde o início da temporada 2017. Antes, formaram parceria em torneios como o ATP de Viena, onde foram campeões em 2015 e 2016. Em 2017, a dupla Melo e Kubot disputou 24 torneios, conquistou seis títulos, venceu 51 jogos, com apenas 18 derrotas. Entre essas vitórias está a 400ª da carreira do brasileiro, obtida na estreia em Roland Garros.

Neste início de temporada disputaram dez jogos e conquistaram oito vitórias - quatro em Sidney, com o título do ATP 250, três no Australian Open, em Melbourne, ambos na Austrália, e uma no ATP 500 de Roterdã, na Holanda.

Recordes em 2018

Marcelo Melo é o tenista brasileiro com maior número de semanas no topo do ranking mundial da ATP na carreira: 46. Desde que voltou ao primeiro lugar, em novembro, encerrando 2017 como número 1, Melo está há 20 semanas como líder (13 no ano passado e sete em 2018), atualmente ao lado do parceiro Kubot. Antes, ele ocupou a liderança pela primeira vez em 2015, por 22 semanas, também virando o ano na frente, e voltou ao primeiro lugar por mais quatro semanas a partir de maio de 2016.

Leia também: Marcelo Melo supera recorde histórico de Guga

Neste início de temporada, Marcelo Melo passou a ser, também, o recordista brasileiro em número de títulos da ATP, com 29.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.