Tamanho do texto

Brasileiro três vezes campeão de Roland Garros ficou à frente de nomes como Stan Wawrinka e Lleyton Hewitt; lista completa ainda será divulgada

A revista americana Tennis , uma das mais importantes sobre o esporte no mundo, elegeu o brasileiro Gustavo Kuerten, o Guga, como o 21º maior tenista masculino da Era Aberta da modalidade, que começou em 1968, quando os campeonatos de Grand Slam permitiram que profissionais disputassem seus títulos.

Leia também: Marcelo Melo supera recorde histórico de Guga ; confira qual

Guga foi tricampeão em Roland Garros e agora eleito o 21º maior tenista da Era Aberta
Divulgação
Guga foi tricampeão em Roland Garros e agora eleito o 21º maior tenista da Era Aberta

A lista está sendo divulgada aos poucos pela publicação e será composta pelos 50 maiores tenistas da Era Aberta, sendo 25 homens e 25 mulheres, e faz parte das comemorações pelos 50 anos do início do que é o tênis como conhecemos hoje. Guga ficou à frente, por exemplo, do suíço Stan Wawrinka, que ainda está na ativa e tem três títulos de Major.

De acordo com o ranking, o tricampeão de Roland Garros (1997, 2000 e 2001), foi melhor que o australiano Lleyton Hewitt, campeão de Wimbledon em 2002 e do Aberto dos Estados Unidos em 2001. À sua frente, aparece o norte-americano que triunfou no Aberto da Austrália (1970), Wimbledon (1975) e nos EUA (1968).

Leia também: Número 1 do ranking de duplas, Marcelo Melo confirma presença no Rio Open

Ash, vale ressaltar, foi homenageado pela organização do torneio norte-americano, e a quadra principal do complexo que recebe o Grand Slam, em Nova York, leva seu nome. Outros tenistas com destaque atualmente apareceram na lista, como: Caroline Wozniacki, Andy Roddick, Angelique Kerber, Victoria Azarenka e Gabriela Sabatini.

O brasileiro comemorou a sua classificação

Leia também: Maior campeão de Grand Slams, Federer garante: "Continuo com fome"

Elogios

Para cada tenista, a revista fez um texto, e sobre o brasileiro, destacou a campanha de Guga até conquistar seu primeiro Major, em 1997, quando era apenas o número 66 do ranking da ATP. Diz ainda que o tenista catarinense se tornou, em 2000, o primeiro sul-americano a terminar uma temporada como primeiro do mundo. A lista completa será publicada na edição de março/abril da revista.