Tamanho do texto

Ao lado de Lukasz Kubot, brasileiro de 34 anos já conquistou o ATP 250 em 2018 e inicia caminhada pelo terceiro título de Grand Slam nesta madrugada

A dupla Marcelo Melo e Lukasz Kubot , cabeça de chave número 1, estreia na madrugada desta quarta-feira no Aberto da Austrália , primeiro Grand Slam do ano, que está sendo disputado em Melbourne, na Austrália. Melo e Kubot jogam a partir das 3h (horário de Brasília) contra o italiano Paolo Lorenzi e o alemão Mischa Zverev, dando início à caminhada em busca do inédito título.

Leia também: Atual campeã, Serena desiste do Aberto da Austrália por conta da gravidez

Marcelo Melo e Lukasz Kubot formam a melhor dupla da atualidade do tênis
Divulgação
Marcelo Melo e Lukasz Kubot formam a melhor dupla da atualidade do tênis

Após terminar 2017 como a melhor parceria da temporada, Marcelo Melo e Kubot começaram 2018 conquistando o título do ATP 250 de Sidney, preparatório para o Grand Slam, e chegaram a Melbourne com muita confiança para o Aberto da Austrália, torneio que disputam como principais favoritos.

Eles dividem a liderança do ranking mundial individual de duplas. E com a conquista em Sidney, Melo passou a ser o tenista brasileiro com o maior número de títulos no circuito, com um total de 29 na carreira, sendo dois Grand Slam (Roland Garros 2015 e Wimbledon 2017) e oito Masters 1000.

Leia também: Djokovic volta a vencer após seis meses: "Estava ansioso para entrar em quadra"

2018 com pé direito

O mineiro Marcelo Melo, 34 anos, e o polonês Lukasz Kubot, 35 anos, estão jogando juntos desde o início da temporada 2017. Antes, formaram parceria em torneios como o ATP de Viena, onde foram campeões em 2015 e 2016. Em 2017, a dupla Melo e Kubot disputou 24 torneios, conquistou seis títulos, venceu 51 jogos, com apenas 18 derrotas. Entre essas vitórias está a 400ª da carreira do brasileiro, obtida na estreia em Roland Garros. Neste início de temporada 2018, quatro jogos e quatro vitórias no ATP 250 de Sidney, com a conquista do primeiro título do ano.

Leia também: Marcelo Melo e Kubot chegam a 50ª vitória no ano e brasileiro garante ponta do ranking