Tamanho do texto

Francesa Marion Bartoli teve uma doença misteriosa em 2016 e chegou a perder 40 kg, se afastando do circuito da WTA

Imagens da tenista Marion Bartoli em 2016 e 2017
Reprodução
Imagens da tenista Marion Bartoli em 2016 e 2017

Em 2016, a tenista francesa Marion Bartoli , campeã de Wimbledon em 2013, chocou o mundo do esporte ao aparecer 40 kg mais magra do que o costume - vale lembrar que ela sempre foi contestada por ser uma esportista fora do peso, sendo chamada de "gordinha". Naquela ocasião, em entrevista ao canal de televisão ITV, ela fez questão de deixar claro que seu caso não era de anorexia.

Leia também: Doente, tenista francesa choca ao aparecer 40 kg mais magra: "Temo pela vida"

"Temo pela minha vida. Fico preocupada de um dia meu coração parar de bater. Isto não é vida. Estou apenas sobrevivendo", disse a tenista na época, revelando que havia contraído um vírus muito raro durante um voo em que fez escala em Austrália, Índia e Nova York e que nem a equipe médica soube explicar a doença.

Marion Bartoli chegou a perder 40 kg
Reprodução
Marion Bartoli chegou a perder 40 kg

"Meu corpo passou a rejeitar algumas coisas, não consigo mais absorver proteínas, como carne de peixe, não consigo lavar as mãos na torneira, só com água engarrafada, não posso mais usar jóias. Minha vida está um pesadelo. Não desejo isso para ninguém, mas está ficando pior com o passar do tempo. Meu coração acelera sempre", finalizou a atleta.

Leia também: Marion Bartoli se livra de doença grave e volta aos trabalhos

Pouco mais de um ano depois de emagrecer habruptamente, Bartoli surpreendeu novamente, dessa vez ao aparecer "cheinha" mais uma vez, como sempre foi durante sua carreira - aconteceu no fim de 2017, num jogo exibição na Inglaterra.

Marion Bartoli terminou 2017
Facebook
Marion Bartoli terminou 2017 "gordinha" e sonha em voltar ao circuito

Culpa do ex

Em nova entrevista, ela contou que seu relacionamento conturbado contribuiu para sua decadência. "Antes mesmo de eu ficar doente, eu já havia perdido muito peso. Meu ex-namorado ficava me cobrando para emagrecer, me comparava com meninas na rua. Era horrível, eu tinha uma vida infernal ao lado dele, um verdadeiro idiota. Eu tinha prazer em viver a vida, mas ele tirou isso de mim", comentou ao jornal "L'Equipe". 

Leia também: Top 10 do mundo, tenista ucraniana posa para fotos picantes em revista; confira

Novamente com os quilos a mais que sempre foram sua marca registrada, a tenista francesa já pensa em retomar a carreira no esporte profissional, disputando os torneios da WTA. Bartoli parou de jogar após o título de Wimbledon em 2013, sendo que sua melhor colocação no ranking foi o 7º lugar, em janeiro de 2012.