Tamanho do texto

Ao lado do britânico Jamie Murray, Soares venceu os portugueses João Sousa e Gastão Elias por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (3/7) e 7/5

Estadão Conteúdo

Bruno Soares e Jamie Murray iniciaram o US Open com vitória
DIVULGAÇÃO/USOPEN
Bruno Soares e Jamie Murray iniciaram o US Open com vitória

Os tenistas brasileiros tiveram aproveitamento de 100% na chave de duplas do US Open, nesta quarta-feira. Bruno Soares e André Sá, jogando com seus parceiros estrangeiros, e a parceria formada por Thomaz Bellucci e Marcelo Demoliner venceram na rodada de abertura da chave no Grand Slam disputado em Nova York.

LEIA MAIS:  Teliana leva duplo 6/0 e perde em estreia no US Open

Ao lado do britânico Jamie Murray, Soares venceu os portugueses João Sousa e Gastão Elias por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (3/7) e 7/5. Na segunda rodada, Soares e Murray, que formam a dupla cabeça de chave número 4 da competição, vão enfrentar o vencedor do duelo entre Jürgen Melzer/Marcin Matkowski e Alexandr Dolgopolov/Sergyi Stakhovsky.

Na única dupla totalmente nacional, Bellucci e Demoliner superaram os franceses Julien Benneteau e Edouard Roger-Vasselin em sets diretos, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/3. Na sequência, os brasileiros vão encarar os vencedores de Iñigo Cervantes/Paolo Lorenzi e Yen-Hsun Lu/Janko Tipsarevic.

LEIA MAIS:  Bellucci e Rogério Dutra Silva são eliminados na estreia no US Open

Já André Sá, brasileiro mais experiente do US Open, jogou ao lado do australiano Chris Guccione. Juntos, superaram os locais John McNally e Jeffrey John Wolf por duplo 6/4. Os próximos adversários de Sá e Guccione sairão do confronto entre Rajeev Ram/Raven Klaasen e Eric Butorac/Scott Lipsky.

Outro brasileiro competindo nas duplas em Nova York é Marcelo Melo. Ele e o croata Ivan Dodig formam a dupla cabeça de chave número dois do torneio. Devem estrear nesta quinta-feira, contra os locais Nicholas Monroe e Donald Young. Se confirmarem o favoritismo, já sabem quem enfrentarão na segunda rodada: os sérvios Dusan Lajovic e Viktor Troicki.