Tamanho do texto

Julien Benneteau e Edouard Roger-Vasselin levaram a melhor em uma batalha de 4 horas e 30 minutos de jogo

Ao lado de Murray, Bruno Soares foi eliminado em Wimbledon
Twitter/Reprodução
Ao lado de Murray, Bruno Soares foi eliminado em Wimbledon

Último brasileiro que avançou às quartas de final da chave de duplas masculinas de Wimbledon, Bruno Soares foi eliminado nesta quarta-feira ao lado do britânico Jamie Murray. Os dois tenistas foram derrotados pelos franceses Julien Benneteau e Edouard Roger-Vasselin, que levaram a melhor em uma batalha de 4 horas e 30 minutos de jogo na qual eles triunfaram por 3 sets a 2 com parciais de 6/4, 6/4, 6/7 (11/13), 6/7 (1/7) e 10/8.

LEIA MAIS:  Federer bate Cilic de virada e vai à semifinal em Wimbledon

Cabeças de chave número 3 desta disputa do tradicional Grand Slam realizado em quadras de quadra, Soares e Murray chegaram a conseguir uma grande reação depois de perderem para os franceses nas duas primeiras parciais, mas acabaram sucumbindo no quinto set.

A eliminação impediu que Soares e Murray enfrentassem outra surpresa nas semifinais. Tratam-se do sul-africano Raven Klaasen e do norte-americano Rajeev Ram, que superaram os norte-americanos Bob e Mike Bryan, cabeças de chave número 2, com parciais de 7/6 (7/2), 6/1 e 7/6 (7/4), em outro jogo desta quarta-feira.

A outra semifinal de duplas masculinas em Wimbledon também foi definida nesta quarta. Cabeças de chave número 1, os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut avançaram ao derrotar o finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers por 3 sets a 1, com 6/4, 6/7 (6/8), 6/4 e 7/6 (10/8).

Assim, eles se credenciaram para encarar na próxima fase o filipino Treat Huey e o bielo-russo Max Mirnyi, que passaram pelo britânico Jonathan Marray e pelo canadense Adil Shamasdin por 3 sets a 0, com 6/4, 7/6 (7/5) e 6/3. Desta forma, segue a chance de Wimbledon contar com uma final 100% francesa nas duplas masculinas.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.