Tamanho do texto

Já os brasileiros Bruno Soares e Marcelo Melo não tiveram maiores dificuldades para vencerem suas partidas na estreia

O sérvio Novak Djokovic exerceu sua superioridade nesta quinta-feira e venceu pela segunda rodada de Roland Garros. Em Paris, o líder do ranking da ATP passou sem grandes sustos pelo belga Steve Darcis, número 161 do mundo, por 3 sets a 0, com parciais de 7/5, 6/3 e 6/4.

Djokovic avançou em Roland Garros
Divulgação
Djokovic avançou em Roland Garros


Darcis até endureceu a partida para Djokovic, principalmente no primeiro set, mas a cada parcial o sérvio crescia nos momentos decisivos e arrancava para a vitória. Com o resultado, conseguiu o terceiro triunfo nos três confrontos disputados entre eles.

Djokovic também segue sem perder um set em Roland Garros, depois de estrear com vitória tranquila sobre o taiwanês Yen-Hsun Lu. Na próxima rodada, ele terá pela frente o britânico Aljaz Bedene 66.º colocado no ranking da ATP, que passou em cinco sets pelo espanhol Pablo Carreño-Busta nesta quinta: 7/6 (7/4), 6/3, 4/6, 5/7 e 6/2.

Se o placar mostra uma vitória tranquila de Djokovic, é porque ele soube superar as próprias falhas para levar a melhor. Foram 42 erros não forçados para o sérvio, contra 25 de Darcis. O dia pouco inspirado de o número 1 do mundo fez a partida se alongar um pouco, mas não chegou a ameaçar sua classificação.

No primeiro set, Djokovic abriu 3 a 0, chegou a permitir o empate de Darcis, mas reassumiu o controle no momento de decisão para fechar. Situação semelhante à da segunda parcial, quando ele fez 3 a 0 novamente e depois administrou para fechar. Na terceira, o sérvio repetiu a receita, voltou a ter dificuldade no fim, mas confirmou o triunfo.

OUTROS RESULTADOS

Em outras partidas já encerradas desta quinta-feira, destaque para o espanhol Roberto Bautista Agut, cabeça de chave número 14, que passou pelo francês Paul-Henri Mathieu por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4), 6/4 e 6/1.

Agora, o espanhol terá pela frente o croata Borna Coric, número 47 do mundo, que surpreendeu nesta quinta o australiano Bernard Tomic. O cabeça de chave número 20 não resistiu ao adversário e caiu por 3 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/2, 7/6 (7/4) e 7/6 (8/6).

BELLUCCI CAI NAS DUPLAS

Os brasileiros Bruno Soares e Marcelo Melo não tiveram maiores dificuldades para vencerem suas partidas na estreia do torneio de duplas de Roland Garros, nesta quinta-feira. Soares e o britânico Jamie Murray passaram pelos russos Evgeny Donskoy e Andrey Kuznetsov. Já Melo e o croata Ivan Dodig bateram o holandês Robin Haase e o sérvio Viktor Troicki.

Atuais campeões de duplas em Roland Garros e cabeças de chave número 3, Melo e Dodig não tiveram qualquer dificuldade para confirmar o favoritismo e avançar na estreia. Eles passaram por 2 sets a 0 por Haase e Troicki, com direito a "pneu": parciais de 6/0 e 6/3.

Com a vitória, Melo e Dodig seguem firme na briga pelo bicampeonato e já conhecem seus adversários na próxima rodada. Eles encararão os franceses Tristan Lamasine e Albano Olivetti, que passaram na estreia pelos holandeses Wesley Koolhof e Matwe Middelkoop na quarta.

Com quase tanta facilidade, Soares e Murray eliminaram nesta quinta Donskoy e Kuznetsov. O brasileiro e o britânico também precisaram de somente dois sets para triunfar com um duplo 6/3. Na segunda rodada, eles pegaram os franceses David Guez e Vincent Millot, que passaram pelos seus compatriotas Kenny De Schepper e Maxime Teixeira por 2 sets a 0, com duplo 7/5.

Mas não forem todos os brasileiros que se deram bem na estreia do torneio de duplas em Roland Garros. Thomaz Bellucci e o eslovaco Martin Klizan foram facilmente batidos pelo canadense Vasek Pospisil e o norte-americano Jack Sock, cabeças de chave número 7, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 7/5. Como já havia caído na chave de simples, Bellucci está fora do Grand Slam francês.