Marlon Gomes deve voltar a ser opção no Vasco para jogo contra o Cruzeiro
Foto: Matheus Lima/Vasco
Marlon Gomes deve voltar a ser opção no Vasco para jogo contra o Cruzeiro

O Vasco contará com cerca de uma semana de preparação de olho no Cruzeiro, próximo adversário em jogo atrasado da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. A bola vai rolar no dia 22, às 19h, no Mineirão, e a expectativa é de que jogadores lesionados no departamento médico estejam de volta. São os casos, por exemplo, de Marlon Gomes e Figueiredo.

O primeiro não atua pelo Gigante da Colina há sete partidas, por conta de problema muscular na coxa direita. Desde então, vem tratando a lesão no CT Moacyr Barbosa e passou a treinar novamente com o grupo na última semanas. Aliás, tinha até chances de integrar a relação para a partida diante do América-MG, mas a comissão decidiu esperar maior evolução.

Já Figueiredo, por outro lado, participou da campanha do título do Brasil sub-23 nos Jogos Pan-Americanos, no Chile, e retornou ao Vasco no início do mês. No entanto, sofreu um trauma em um dos joelhos durante atividade do Cruz-Maltino e, portanto, acabou ficando fora dos relacionados na rodada passada. A expectativa, agora, é de que não seja desfalque para o técnico Ramón Díaz.

Dupla preocupa

Além disso, mais duas peças do sistema ofensivo ainda carecem de atenção no departamento médico. Afinal, Orellano, que marcou seu primeiro gol pelo clube na vitória por 2 a 0 sobre o Cuiabá, teve fratura na mão direita. Em princípio, se pensou em corrigir a situação por meio de cirurgia, mas o argentino deve realizar tratamento conservador.

Outro que não tem previsão de retorno é Erick Marcus. O camisa 16 ganhou a confiança de Díaz nas últimas semanas e teve sequência no time titular, porém, sentiu o músculo posterior da coxa direita no clássico contra o Botafogo, em São Januário. O caso é considerado um pouco mais grave, o que demanda maior tempo de recuperação.

Vasco x Cruzeiro

O duelo diante do Cruzeiro é mais um daqueles diretos que o Vasco tem na luta para fugir do rebaixamento. Aliás, a Raposa não vem em boa fase na temporada e até demitiu o técnico Zé Ricardo por conta do maus resultados. Existe a possibilidade de que a partida, inclusive, aconteça de portões fechados, depois da invasão ao gramado e do confronto entre torcedores dos mineiros e do Coritiba.

As dúvidas seguem na cabeça de Ramón Díaz em relação à equipe que mandará a campo. A única confirmação de mudança é na lateral direita. Puma Rodríguez e Robson disputam vaga para ocupar o posto, já que Paulo Henrique, suspenso pelo terceiro amarelo, é ausência. A diretoria ainda aguarda o desfecho da situação de Medel – o zagueiro está pendurado no Chile e, se levar mais um cartão, poderia reforçar os cariocas.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook

    Mais Recentes

      Comentários

      Clique aqui e deixe seu comentário!