Eliud Kipchoge é bicampeão olímpico da maratona
Reprodução
Eliud Kipchoge é bicampeão olímpico da maratona


O queniano Eliud Kipchoge, de 36 anos, confirmou o favoritismo na maratona masculina e conquistou o bicampeonato nos Jogos Olímpicos. Na prova de pouco mais de 42km, que foi realizada na cidade de Sapporo por causa da alta umidade em Tóquio, o atleta detentor do recorde mundial fechou a prova em 2h08m38 e garantiu o seu segundo ouro consecutivo. Com isso, o Quênia garante o topo do pódio nas etapas masculina e feminina da modalidade.

Apesar do grande calor, Kipchoge abriu uma larga vantagem aos seus adversários. O holandês Abdi Nageeye, que ficou com a prata num final emocionate, fechou a etapa 1m20s após o queniano. O belga Bashir Abdi completou o pódio com o bronze.

O brasileiro Daniel do Nascimento vinha no pelotão de frente e fazia uma ótima maratona. Porém, por volta dos 25km percorridos, ele se sentiu mal e acabou deixando a prova. De acordo com o repórter Diego Moraes, do Grupo Globo, direto de Sapporo, Daniel recebeu atendimento no posto médico e não preocupa.

Um dos grandes nomes e forte candidato a vencer, o atleta Shura Kitata, da Etiópia, de 25 anos, pôs a mão na coxa, começou a mancar antes dos 10km e foi outro a deixar a prova. Ele foi campeão da maratona de Londres, em 2020.

As condições climáticas atrapalharam bastante nas Olimpíadas Tóquio-2020. Na maratona feminina, 15 atletas abandonaram a etapa antes do fim por conta do forte calor.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários