Beatriz Ferreira
Reprodução / Instagram
Beatriz Ferreira

A cantora Ludmilla reagiu à escolha da pugilista Beatriz Ferreira, que entrou no ringue ao som de "Favela chegou", hit entoado em parceria com Anitta, na semifinal contra a finlandesa Mira Potkonen pela categoria peso leve nos Jogos de Tóquio.

Em seu perifl no Instagram, Ludmilla compartilhou a publicação de uma página de fãs, que mostra a apresentação da boxeadora brasileira com sua música ao fundo, e escreveu: "Pra cimaaa".

No post do perfil "Ludmilla World", a legenda dizia: "A favela chegou, @beatrizferreira60kg? Chegou! E chegou na final olímpica! A entrada da nossa finalista do boxe ao som da @ludmilla. Respeita!".

Bia Ferreira confirmou seu favoritismo na semifinal e vai encarar a irlandesa Kellie Harrington na disputa pelo ouro na madrugada de domingo. Desde o início da Olimpíada, a baiana de 28 anos era apontada como uma das principais esperanças de medalha do Brasil. Atual campeã mundial, ela só não subiu ao pódio em uma das mais de 30 competições que disputou.

Você viu?

Apesar do sucesso do hit escolhido pela pugilista, celebrado por usuários nas redes sociais, agora ela mira ouvir outro som na final: o hino brasileiro.

— A meta é ouvir o meu hino no alto do pódio. Valeu a pena tudo que abri mão para chegar aqui. Não me arrependo de nada que fiz para poder estar aqui. É algo mágico — disse Bia.

Nesta sexta, a americana Laura Zeng também fez sucesso ao se apresentar na ginástica rítmica ao som de Energia, de Sofi Tukker e Pabllo Vittar. Antes dela, a também ginasta Rebeca Andrade realizou sua exibição embalada pelo funk "Baile de Favela", do Mc João. O autor da música inclusive vibrou com seu hit em Tóquio e comemorou as medalhas conquistadas pela brasileira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários