Rebeca Andrade conquistou o ouro na prova de salto
Miriam Jeske/COB
Rebeca Andrade conquistou o ouro na prova de salto

Rebeca Andrade continua fazendo história. A ginasta brasileira conquistou a medalha de ouro e a segunda medalha olímpica nos Jogos de Tóquio, colocando de vez o nome do Brasil no topo da modalidade. Rebeca já é a maior ginasta de todos os tempos do país e da América do Sul. O pódio veio com 15,083 pontos.

A prata ficou com a americana Mikayla Skinner e o bronze com a sul-coreana Yeo Seojeong.

(confira fotos de Rebeca Andrade na galeria abaixo)

Rebeca foi a terceira ginasta a se apresentar. Ela abriu sua competição com o elemento Cheng, um dos mais difíceis do código atual com nota de partida 6,000. Foi o salto que lhe valeu 15,400 na classificação do aparelho. Na final, recebeu 15,166.

No segundo salto, a brasileira arriscou o "Amanar", com duas voltas e meia, um dos elementos que mais forçam o joelho, e nota de partida de 5,800. Rebeca é uma das poucas ginastas a reproduzir o salto depois de cirurgia no local. Recebeu a nota 15,000. Na classificação, ela havia feito uma rodada flick com dupla pirueta, que tem nota de partida menor, mas a excelente execução elevou sua nota (14,800).

A principal concorrente, a americana Jade Carey, errou o primeiro salto, levou nota baixa e saiu da disputa. Restavam as russas. Principalmente, Angelina Melnikova, que já havia ganhado ouro por equipes e o bronze no individual geral. Mas a russa somou apenas 14,683.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários