Rayssa Leal, a fadinha do skate brasileiro
Wander Roberto/COB
Rayssa Leal, a fadinha do skate brasileiro

Pintou mais medalha para o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio 2020. Na madrugada desta segunda-feira, Rayssa Leal , de apenas 13 anos, conquistou a medalha de prata na modalidade street do skate.

Ela é a medalhista brasileira mais jovem de toda história das Olimpíadas.

Confira fotos de Rayssa Leal na galeria abaixo:

A Fadinha terminou a decisão somando um total de 14.64. O ouro e o bronze ficaram com o Japão, representado, respectivamente, por Momiji Nishiya e Funa Nakayama.

A brasileira começou muito bem e conseguiu aproveitar suas duas voltas de 45 segundos. Com boas manobras, a Fadinha conseguiu as notas 2.94 e 3.13. Com isso, ela somou um total de 6.07 e terminou a primeira fase na segunda posição.

Na fase das manobras livres, Rayssa iniciou aparentemente nervosa, mas conseguiu se recuperar. A skatista brasileira não se intimidou e fez manobras excelentes, garantindo o bom resultado. As notas válidas da brasileira nesta fase foram 3.31, 4.15 e 3.39, com dois zeros descartados.

A medalha de Rayssa é a terceira do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio. Antes dela, Kelvin Hoefler, também do skate, ganhou uma prata, e Daniel Cargnin, do judô, levou o bronze.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários