Tamanho do texto

Pela posição geográfica, prefeito afirmou que essa seria uma oportunidade "para construir um Mediterrâneo de paz, solidariedade e cultura"

Após a prefeita de Roma, Virginia Raggi, anunciar a desistência da cidade para sediar os Jogos Olímpicos de 2024, seu homólogo de Nápoles, Luigi De Magistris, afirmou que está pronto para se candidatar à sede das Olimpíadas de 2028.

E mais:  Roma abandona candidatura aos Jogos Olímpicos de 2024

"Seria bonito agora, perante ao não de Raggi, um 'sim' de Nápoles para o Mediterrâneo. Fico contente que o governo e o presidente do Coni aceitem a ideia de que o sul possa tornar-se o principal local no qual se construam políticas de acolhimento, cultura, solidariedade e fraternidade", disse De Magistris aos jornalistas.

Nápoles fica ao sul da Itália
Divulgação
Nápoles fica ao sul da Itália

Destacando a posição geográfica da cidade, o prefeito afirmou que essa seria uma oportunidade "para construir um Mediterrâneo de paz, solidariedade e cultura e não ver mais imagens de um Mediterrâneo de sangue, guerras e conflitos".

A referência do líder política é sobre as constantes tragédias marítimas com os imigrantes da região, que ao fugir de guerras regionais, buscam no Mar Mediterrâneo a chance de uma nova vida na Europa. Porém, milhares deles acabam perdendo a vida na travessia.