Tamanho do texto

Federica Pellegrini era uma das principais esperanças de pódio para a Itália no Rio 2016, mas ficou sem medalha

Federica Pellegrini é musa da natação italiana
Divulgação
Federica Pellegrini é musa da natação italiana

A nadadora italiana Federica Pellegrini, que ficou fora do pódio nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, voltou atrás na decisão de se aposentar e disse que continuará nadando até as Olimpíadas de Tóquio, que ocorrerá em 2020.

E MAIS:  Michael Phelps, a lenda olímpica que também se arrisca no poker

"A decisão de continuar foi feita e a força para isso ainda encontrarei. Me darei outra chance, em função ao amor que tenho ao esporte", declarou a "Divina", apelido da musa no seu país.

Pellegrini era uma das principais esperanças de pódio para a Itália no Rio 2016. Mas, mesmo em sua prova favorita, 200 metros livres, ela não conseguiu medalha. Após as derrotas, Pellegrini havia anunciado em seu Instagram a possibilidade de não competir mais. Na ocasião, a italiana se disse muito triste e que talvez era o "momento de partir para outra". 

*Com Ansa