Tamanho do texto

Brasileiro apareceu para disputa no Rio de Janeiro com alguns quilos a mais e não se classificou às finais do atletismo

Alan Fonteles em 2016 e em 2012. Muitos quilos a mais
Reprodução
Alan Fonteles em 2016 e em 2012. Muitos quilos a mais

Há quatro anos, nos Jogos Paralímpicos de Londres, em 2012, Alan Fonteles apareceu para o mundo do esporte ao bater o favorito Oscar Pistorius nos 200 metros rasos do atletismo. O sul-africano era o grande astro naquela ocasião, mas os holofotes se voltaram ao brasileiro, que chegou a ganhar outras três medalhas no Mundial de Lyon (FRA) no ano seguinte, em 2013.

Alan Fonteles foi mal no Rio de Janeiro
Twitter/Reprodução
Alan Fonteles foi mal no Rio de Janeiro

Depois da competição na França, Fonteles alegou exaustão e resolveu dar um tempo nas competições. Justamente no ciclo para os Jogos Rio 2016. Competindo em casa, o brasileiro deixou de ser astro e se transformou em decepção.

Alan Fonteles decepcionou a torcida no Rio 2016
Twitter/Reprodução
Alan Fonteles decepcionou a torcida no Rio 2016

Longe da forma ideal e apresentando alguns quilos a mais, o "gordinho" Alan Fonteles foi eliminado de maneira precoce na prova dos 100 metros e também nos 200 metros, colocando fim ao sonho do bicampeonato na etapa da classe T44 - atletas com membros inferiores amputados. Ele culpou uma lesão na coxa para o rendimento ruim no Rio de Janeiro.

"Ele poderia ter sido um superstar brasileiro atuando em casa, ficando marcado na história e também na sua vida, mas ele acabou jogando tudo fora. É muito triste. Ele perdeu a oportunidade de sua vida", disse a especialista Tanni Grey-Thompson em entrevista à BBC Radio 5.