Tamanho do texto

Falta ainda uma semana para o fim da Paralimpíada do Rio 2016 e os atletas não se cansam de quebrarem recordes mundiais

Petrúcio Ferreira quebra recorde mundial dos 100m rasos e leva o ouro
Reprodução
Petrúcio Ferreira quebra recorde mundial dos 100m rasos e leva o ouro

Nem chegamos ao fim do quarto dia de competições dos Jogos Paralímpicos do Rio 2016 e mais de 100 recordes mundiais foram quebrados. A centésima marca foi quebrada às 11h51 pelo chinês Benying Liu, nos 50 metros nado livre masculino, com a o tempo de 54s05. Às 14h13, o total de recordes já estava em 104, após o halterofilista iraquiano Rasool Mohsin ter levantado 227 quilos na categoria masculina de competidores com até 72 quilos.

LENDA:  Tenório se despede da Paralimpíada com sexto pódio seguido

O primeiro dia de competições(08), registra o maior número de recordes quebrados até o momento, com 34 registros. 31 recordes mundiais paralímpicos foram quebrados no dia 9. No dia seguinte(10), ficaram registrados a quebra de mais 24 recordes. E hoje(11), até o momento, já foram batidos 15 recordes mundiais, tendo a última marca conquistada pelo iraquiano Rasool Mohsin.

*Com Agência Brasil