Tamanho do texto

Equipe brasileira foi surpreendida pela China, que bateu o recorde mundial da prova

Equipe brasileira garante a prata no revezamento 4x50m
CPB/Divulgacao
Equipe brasileira garante a prata no revezamento 4x50m

Os principais nomes da natação paralímpica do Brasil não conseguiram segurar a equipe chinesa que veio muito forte na prova e conquistou o ouro, deixando a prata com o Brasil.

Clodoaldo Silva foi o primeiro a cair na água no Estádio Aquático. Joana Maria Silva foi a segunda, seguida por Susana Ribeiro e fechando a prova do revezamento com Daniel Dias.

Além do ouro, a  equipe chinesa bateu o recorde mundial da prova com o tempo de 2m18s03. O Brasil fechou com 2m25s45 seguido pela Ucrânia com 2m30s66.

JUDÔ:  Antônio Tenório busca confirmar favoritismo

No início da prova, Clodoaldo abriu boa vantagem para o Brasil. Joana manteve uma boa margem. Susana caiu na água em primeiro, mas a chinesa Huang Wenpan veio em um ritmo muito forte e ultrapassou a brasileira.

Daniel Dias não conseguiu alcançar o chinês Xu Qing, que impôs um ritmo muito veloz na prova. O brasileiro não se abalou e seguiu em um ritmo forte para garantir a prata e a festa nas arquibancadas do Estádio Aquático.

*Com Agência Brasil